Meteorologia

  • 24 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

Nuno Melo assume derrota do CDS, o "responsável sou eu"

O cabeça de lista do CDS-PP, Nuno Melo, assumiu, pessoalmente, a responsabilidade pelo resultado do partido nas europeias, afirmando que só existe "um responsável", depois de falhar a eleição do segundo eurodeputado.

Nuno Melo assume derrota do CDS, o "responsável sou eu"
Notícias ao Minuto

23:12 - 26/05/19 por Lusa

Política CDS

"[O resultado] tem um responsável, sou eu", afirmou Nuno Melo aos jornalistas, na sede nacional do partido, em Lisboa, no final da noite eleitoral.

O eurodeputado centrista garantiu que foi ele a determinar a meta para as eleições de hoje e concluiu: "Se há alguém a ser julgado sou eu."

Nuno Melo afirmou não transformar "derrotas em vitórias" e anotou que, à hora a que falava, a previsão era de perda de mandatos pelo PCP, um dos dois partidos, a par do BE, que o cabeça de lista centrista disse, em campanha, querer suplantar em votação.

Após as declarações na sede do partido, Nuno Melo desdramatizou o resultado como "uma tragédia", e relativizou: "As coisas são assim, hoje foi esta eleição, amanhã será outra qualquer. Já tive vitórias, já tive derrotas, não tem mal nenhum."

O eurodeputado recusou ainda dizer se a direção de Assunção Cristas deve ou não fazer alguma alteração de estratégia para as legislativas, dizendo que não é líder do partido.

Nas eleições para o Parlamento Europeu, o PS foi o mais votado com 33,4% e o CDS-PP elegeu um eurodeputado, Nuno Melo, obtendo 6,1% dos votos, quando estavam apuradas 94% das freguesias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório