Meteorologia

  • 19 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

PSD olha "com grande otimismo" futuro das relações entre os dois países

O PSD olha "com grande otimismo" para o futuro das relações entre Portugal e Angola e considera que a visita de João Lourenço traduzirá a "importância estrutural" desta cooperação, que quer pautada pelos "princípios do respeito e bem comum".

PSD olha "com grande otimismo" futuro das relações entre os dois países
Notícias ao Minuto

08:37 - 20/11/18 por Lusa

Política Tiago Moreira de Sá

"É uma visita que traduz a importância estrutural da relação entre os dois países e que surge na sequência de um processo que já teve visitas do dr. Rui Rio e do dr. António Costa a Angola", afirmou Tiago Moreira de Sá, presidente da Comissão de Relações Internacionais do PSD.

Em declarações à Lusa, a propósito da visita de Estado que o Presidente angolano, João Lourenço, fará a Portugal entre quinta-feira e sábado, o investigador e professor universitário da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa salientou que as relações "políticas, económicas e sentimentais" entre os dois países "são muito fortes", e são "reforçadas pela grande comunidade portuguesa em Angola e de angolanos em Portugal".

Questionado se entende que a visita do presidente do PSD a Angola (em junho, ainda antes de António Costa se deslocar a este país em setembro) ajudou a desbloquear um período de relações diplomáticas tensas entre os dois países, Tiago Moreira de Sá classificou-a como "um contributo".

"O mais importante de tudo é todos contribuirmos para uma relação cada vez melhor entre Portugal e Angola. A visita do dr. Rui Rio pretendeu justamente ser um contributo nesse sentido. Da parte do PSD, apenas temos de agradecer a forma maravilhosa como fomos recebidos", afirmou o investigador, que também integrou a comitiva social-democrata que se deslocou a Luanda.

Instado a comentar se considera prioritária nesta visita a certificação das dívidas do Estado angolano às empresas portuguesas, o social-democrata considerou que esta "é uma questão importante", mas que deve ser inserida "num contexto mais vasto".

"Desde logo, o conjunto de relacionamento económico entre os dois países, que é hoje muito relevante e tem tudo para ser cada vez mais no futuro, desde que seja orientado por dois princípios: o princípio do respeito e o princípio do bem comum", defendeu, assegurando que o PSD "tudo fará para ajudar os dois Governos" a aprofundar as suas relações.

Para lá da economia, o professor universitário destaca como questões a aprofundar nesta visita entre os dois Estados todas as relacionadas com as comunidades a viver em ambos os países e toda a temática cultural, nomeadamente da língua portuguesa.

"E há toda a questão da relação afetiva entre os dois países, uma relação de vínculo permanente", salientou.

Questionado como avalia a presidência de João Lourenço, Tiago Moreira de Sá salientou que o PSD segue "o princípio da não interferência da vida política interna dos Estados".

"Quando olhamos para o que está a acontecer em Angola olhamos com grande otimismo. Olhamos com grande otimismo para o futuro de Angola, bem como para futuro das relações entre os dois países", referiu, ainda assim.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório