Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2018
Tempo
29º
MIN 27º MÁX 30º

Edição

Ameaça de bomba: Todas as dependências do BPI em Lisboa evacuadas

As autoridades já estão a investigar o caso. Entretanto, foi encontrado um objeto suspeito junto à agência do BPI da Avenida Casal Ribeiro, tendo sido mobilizada uma equipa da Unidade Especial de Polícia para o local. Parte da avenida esteve cortada ao trânsito, mas já foi reaberta.

Notícias ao Minuto

10:50 - 16/03/18 por Tiago Miguel Simões 

País Lisboa

O caos foi lançado. Todos os balcões do BPI em Lisboa foram evacuados após ameaça de bomba. Segundo a TVI, a ameaça terá sido feita para mais do que uma das dependências do banco.

Ao Notícias ao Minuto, o oficial de relações públicas do comando metropolitano da PSP adiantou que a ameaça "foi feita para o balcão das Laranjeiras, [na Rua Tomás da Fonseca], por volta das 9h05", com a indicação de que "uma bomba iria explodir durante a manhã".

A mesma fonte afirmou também que a ameaça de bomba "não  parece plausível", sendo que tudo estará já "a voltar à normalidade".

Tratou-se, portanto, de um falso alarme, tendo os funcionários voltado  às instalações das várias dependências, segundo fonte do banco indicou à agência Lusa.

Pouco depois das 11h00, fonte do BPI reforçou que os funcionários estavam a regressar ao trabalho.

A assessoria do banco esclareceu que, depois da receção da ameaça "anónima" de bomba, se procedeu à evacuação das instalações na capital.

"O banco informou de imediato as autoridades policiais e pôs em execução o procedimento de segurança estabelecido para estas situações, fazendo evacuar todas as suas instalações em Lisboa", pode ler-se numa resposta enviada à agência Lusa.

Na mesma resposta, o BPI informou que o funcionamento normal do Banco foi reposto por "se tratar de um falso alarme".

"Objeto suspeito" na via pública fecha Avenida Casal Ribeiro

Entretanto, parte da Avenida Casal Ribeiro, em Lisboa, foi fechada ao trânsito automóvel e de peões devido a um "objeto suspeito" encontrado junto a um edifício, disse à Lusa fonte policial.

"Trata-se supostamente de um saco suspeito que está abandonado na via pública junto a um edifício na Avenida Casal Ribeiro. Foram tomadas as medidas preventivas de isolamento do local e vamos proceder à verificação do objeto", detalhou, em declarações à Lusa, Hugo Palma, das Relações Públicas da Direção Nacional da PSP.

De acordo com Hugo Palma, o alerta foi dado "pouco depois das 12h15" e o isolamento do local, no Saldanha, foi feito por elementos do Comando Metropolitano de Lisboa, enquanto a verificação do objeto foi realizada pela Unidade Especial de Polícia.

Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) adiantou ainda à Lusa que "quando os funcionários da dependência do BPI [na Avenida Casal Ribeiro] estavam a regressar ao local de trabalho repararam num objeto estranho junto ao exterior".

"A administração pediu ajuda policial, que mandou para o local uma equipa do Centro de Inativação de Explosivos e Segurança em Subsolo", precisou a fonte do Cometlis, adiantando ainda que no perímetro de segurança foram fechadas ao trânsito a Rua Actor Taborda até à Avenida Defensores de Chaves e a Rua Fernão Lopes.

O trânsito viria a ser reaberto perto das 15h30. "Tratava-se de um objeto de plástico que tinha algo de plástico também. Não se verificou nada de explosivo", fez sobressair Hugo Palma.

[Notícia atualizada às 15h50]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório