Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Mais antiga unidade em atividade do Exército Português comemora 310 anos

O Regimento de Cavalaria 3 (RC3), de Estremoz, a unidade mais antiga em atividade do Exército Português, está a comemorar 310 anos de existência com várias iniciativas, incluindo uma cerimónia militar na sexta-feira.

Mais antiga unidade em atividade do Exército Português comemora 310 anos
Notícias ao Minuto

09:51 - 15/11/17 por Lusa

País Regimento Cavalaria3

A cerimónia militar comemorativa do dia da unidade de Estremoz, no distrito de Évora, vai decorrer às 10:00.

No âmbito das comemorações, está marcada também para sexta-feira, às 12:00, no Teatro Bernardim Ribeiro, uma conferência intitulada "Sul de Angola (1914-1915) Dois Inimigos, Duas Expedições, Uma Campanha Penosa", pelo tenente-coronel José Miguel Moreira Freire.

O RC3 foi a unidade que mobilizou o maior número de militares para a guerra nas antigas colónias portuguesas, cerca de 42 mil homens, integrando 42 batalhões e 18 companhias, e a que registou o maior número de mortos - 485.

Considerada uma das unidades militares mais influentes na revolução do 25 de abril de 1974, o RC3 participou com um Esquadrão de Reconhecimento, comandado pelo capitão Andrade Moura, com 120 homens, nas movimentações militares que derrubaram a ditadura.

O Regimento de Cavalaria 3 "Dragões de Olivença" tem origem numa das mais antigas unidades do Exército, fundada em 1707, em Olivença, e participou também na Guerra Peninsular e na I Guerra Mundial.

O RC3 está instalado em Estremoz há 142 anos, desde 05 de abril de 1875.

O programa comemorativo dos 310 anos da unidade, que decorre desde setembro, incluiu ainda outras atividades de âmbito cultural e desportivo, entre as quais um concerto pela Orquestra Ligeira do Exército, no Teatro Bernardim Ribeiro.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório