Meteorologia

  • 26 MARçO 2019
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 21º

Edição

Atum adulterado foi retirado do mercado em Portugal

A Direção-Geral de Saúde acompanhou o caso do atum em más condições de conservação. Espanha alertou a Comissão Europeia em maio, e todos os lotes do produto foram retirados do mercado.

Atum adulterado foi retirado do mercado em Portugal
Notícias ao Minuto

15:07 - 29/09/17 por Pedro Bastos Reis 

País Saúde

A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) retiraram do mercado português o atum adulterado, proveniente de Espanha.

Contactado pelo Notícias ao Minuto, o Ministério da Saúde informa que a Direção-Geral de Saúde (DGS) “acompanhou as investigações com a DGAV e alertou os Departamentos de Saúde Pública para esta situação, solicitando a investigação de toxinfeções alimentares associadas ao consumo de atum”.

Em causa está o consumo de atum congelado, proveniente de Espanha, em más condições de conservação, que levaram ao aumento da concentração de histaminas no pescado.

Segundo o El Mundo, que cita o Ministério da Saúde espanhol, há registo de pelo menos 154 casos de intoxicação devido ao consumo de atum.

Várias toneladas deste pescado foram distribuídas em Portugal, bem como noutros países europeus, nomeadamente Alemanha, Croácia, França, Itália e Roménia.

Na mesma nota enviado ao Notícias ao Minuto, a DGS informa que os casos foram detetados em maio de 2017, depois de vários países reportarem casos de intoxicação por histamina após consumo de atum embalado a vácuo.

No passado dia 8 de maio, Espanha notificou a Comissão Europeia a suspeita de surto de doença alimentar, sendo que todos os lotes do produto foram retirados do mercado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório