Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 28º

PSP que matou raptor foi abordado em semáforos. Segunda suspeita detida

Situação iniciou-se em Algés e culminou em Benfica, Lisboa, com a morte de um dos suspeitos do alegado assalto.

PSP que matou raptor foi abordado em semáforos. Segunda suspeita detida
Notícias ao Minuto

12:28 - 01/04/24 por Natacha Nunes Costa

País Lisboa

O agente da Polícia de Segurança Pública (PSP) que baleou mortalmente um alegado assaltante, na sua residência, em Benfica, Lisboa, na madrugada desta segunda-feira, terá sido abordado pelo suspeito enquanto estava parado, no interior do seu carro pessoal, nuns semáforos de Algés, confirmou a Polícia Judiciária (PJ) ao Notícias ao Minuto.

De acordo com a PJ, depois de abordar o agente, o suspeito terá, sob ameaça de arma de fogo, obrigado este a conduzir até a um descampado, onde estaria uma mulher.

Posteriormente, o casal terá coagido o agente a conduzir até à sua casa.

O homem, de 40 anos, subiu com o agente até à residência deste onde acabou por ocorrer o disparo fatal.

Já a mulher foi detida junto ao prédio, onde aguardava pelo regresso do suspeito.

Crime aconteceu pelas 3h

O polícia terá sido abordado nos semáforos por volta das 3h da madrugada desta segunda-feira. Antes de ser obrigado a conduzir até a sua casa, o agente terá sido coagido a passar num multibanco. O que não está ainda confirmado é se foi antes ou depois de conduzido até o descampado, onde estava a segunda suspeita.

Já em casa, alegadamente em legítima defesa, o polícia efetuou um disparo que atingiu o suposto assaltante no peito. O óbito acabou por ser declarado à 3h25.

A PJ está agora investigar o caso, sendo que hoje estará a ouvir a suspeita detida e o agente da PSP alvo do assalto.

Leia Também: Agente da PSP mata assaltante que o raptou em Lisboa

Recomendados para si

;
Campo obrigatório