Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 14º

Depois da JMJ e touradas, Bordalo II ataca com 'Desalojamento Local'

Criou a "Rua Angústia", traduziu outros pontos de Lisboa de português para francês e trocou placas de localização para agradar a turistas. Bordalo II volta ao ataque com 'Desalojamento Local'

Depois da JMJ e touradas, Bordalo II ataca com 'Desalojamento Local'
Notícias ao Minuto

23:11 - 28/09/23 por Notícias ao Minuto

Cultura Bordalo II

Depois de críticas à realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa e às touradas no Campo Pequeno, o artista plástico Bordalo II voltou ao 'ataque'. Desta vez o alvo foi a (falta de) habitação no país. 

Nas redes sociais, o artista português divulgou várias imagens dos seus protestos em diferentes pontos de Lisboa, onde critica o excesso de alojamentos locais e a falta de habitação para os portugueses, considerando que "o problema é a ganância do privado versus a incompetência do Estado".

"Não critico turistas, estrangeiros e muito menos imigrantes, mas sim a falta de medidas que consigam equilibrar a balança e parar de expulsar as pessoas que realmente vivem nas cidades, transformando-as em gigantes parques de diversão sem alma", justificou.

Bordalo II considerou ser "urgente regular a loucura da especulação que retira a dignidade a uns para encher os bolsos a outros".

"Em Portugal, em 2023 há pessoas que se levantam todos os dias para trabalhar 8 ou mais horas e chegam ao final do mês sem sequer conseguir pagar uma casa onde viver", lamentou.

View this post on Instagram

A post shared by Bordalo II (@b0rdalo_ii)

No seu mais recente protesto, intitulado 'Desalojamento local', Bordalo II criou a "Rua Angústia", com tendas pintadas de casas a ocuparem o Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa. A praça do Príncipe Real passou a chamar "Place du Prince Royal" e a Rua de Campo de Ourique "Rue Champ de D'ouris". Já as placas de localizações apenas indicam para hotéis, hostels e postos de turismo.

No Instagram, Bordalo II apelou ainda aos seus seguidores para se juntarem à manifestação 'Casa para viver' - 'Planeta para habitar', que decorre no sábado, "para defender um direito que é de todos".

Leia Também: CP apresenta queixa contra Bordalo II por grafíti em comboio estacionado

Recomendados para si

;
Campo obrigatório