Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 20º

Arcos de Valdevez abre concurso de 575 mil euros para 17,7 km de ecovia

A Câmara de Arcos de Valdevez abriu concurso público para a construção de mais 17,7 quilómetros de ecovia, pelo valor base de 575 mil euros, para ligar as freguesias de Paçô a Ermelo, disse hoje o presidente da autarquia.

Arcos de Valdevez abre concurso de 575 mil euros para 17,7 km de ecovia
Notícias ao Minuto

10:50 - 11/05/23 por Lusa

País Autarquia

Em declarações à agência Lusa, o social-democrata João Manuel Esteves explicou que a empreitada de expansão da rede de ecovias do Alto Minho -- entre Paçô e Ermelo - tem um prazo de execução de 270 dias.

"Agora temos a ecovia a acompanhar o rio Lima e, depois, entrar no rio Vez. O novo troço que agora lançamos a concurso público irá ligar o lugar de Prova, freguesia de Paço, junto ao concelho vizinho de Ponte da Barca, até Ermelo, em Arcos de Valdevez", especificou.

A nova ecovia de Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo, de carácter turístico e com uma extensão aproximada de 17,7 quilómetros, vai desenvolver-se em três troços.

O primeiro entre Paçô (Prova) até São Jorge (Senra), cuja empreitada prevê a abertura do traçado e a construção da ecovia, o segundo que ligará São Jorge (Senra) a São Jorge (Barreiro), que prevê a beneficiação e reabilitação do traçado".

No último troço de ligação de São Jorge, em Barreiro, à ponte romana e à igreja de Ermelo, os trabalhos incluem o melhoramento do traçado.

A aldeia de Ermelo está situada junto à margem direita do rio Lima, na serra do Soajo, a cerca de 20 quilómetros da sede de concelho de Arcos de Valdevez. A aldeia é conhecida pela igreja do mosteiro beneditino, situado nas proximidades do rio Lima, na margem direita, e pela sua laranja.

A laranja de Ermelo, que integra o catálogo mundial de produtos do movimento internacional 'Slow Food', é um produto local, cuja introdução, por volta do século XII, está ligada ao mosteiro local e aos monges de Cister, sendo hoje um ex-líbris daquela freguesia.

A ecovia do Rio Vez, percurso pedestre essencialmente rural ou natural, que se desenvolve ao longo da margem direita dos rios Vez e Lima, parte de Padreiro até à aldeia monumento nacional de Sistelo, com um passadiço que circunda aquela que é considerada o pequeno Tibete português, numa extensão total de 34,8 quilómetros.

A sua construção, orçada em mais de um milhão de euros e apoiada por fundos comunitários, foi iniciada em 2013.

A ecovia do Rio Vez desenvolve-se ao longo de três troços, com aproximadamente 10 quilómetros cada, ligando Jolda a Arcos de Valdevez, Arcos de Valdevez a Vilela e, desta freguesia, até Sistelo.

Já a ecovia do rio Lima tem uma extensão de cerca de 70 quilómetros, começa em Viana do Castelo, passa por Ponte de Lima, Ponte da Barca e Arcos de Valdevez.

Os caminhos rurais de beira-rio, veigas, pesqueiras no percurso para a desova da lampreia e passadiços de madeira atravessam a Área Protegida e Zona Húmida de Importância Internacional das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d'Arcos, em Ponte de Lima.

Leia Também: A planear viajar por menos de 5€? FlixBus reforça em Lisboa (e não só)

Recomendados para si

;
Campo obrigatório