Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 16º MÁX 29º

Jovem condenado por violência doméstica contra namorada de 14 anos

Um homem com 23 anos foi hoje condenado pelo Tribunal da Comarca da Madeira a cinco anos e três meses de prisão pelos crimes de violência doméstica contra a namorada, acesso ilegítimo e ameaça agravada.

Jovem condenado por violência doméstica contra namorada de 14 anos
Notícias ao Minuto

14:07 - 29/03/23 por Lusa

País Madeira

O tribunal determinou ainda uma pena acessória de proibição de contactar a vítima por dois anos após a saída do Estabelecimento Prisional do Funchal.

O relacionamento teve início quando os jovens eram ainda menores.

Na leitura da decisão, a presidente do coletivo de juízes da Instância Central da Madeira, Carla Meneses, indicou que o tribunal "não tem dúvida nenhuma de que o arguido acaba também por ser uma vítima por força dos seus consumos (droga e álcool), do seu passado, em que esteve entregue a si mesmo".

Mas, acrescentou, "não obstante ser uma vítima, o tribunal não pode tolerar que uma pessoa que comece a consumir pratique este tipo de atos", pelo que "tem o dever de proteger a comunidade".

A acusação do Ministério Público menciona que o namoro começou quando o arguido tinha 17 anos e a jovem 14, surgindo a violência emocional e física num contexto em que o suspeito tentava conseguir dinheiro para a compra de estupefacientes.

O jovem foi condenado por ameaça agravada à mãe e ao irmão da vítima, a quem tem de pagar uma indemnização cível de 22 mil euros por danos morais.

Leia Também: Violência doméstica entre prioridades na lei de política criminal

Recomendados para si

;
Campo obrigatório