Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
17º
MIN 10º MÁX 17º

Fundo Madeleine usado para pagar processo contra Gonçalo Amaral

O Fundo Madeleine foi criado para “garantir o regresso seguro” da filha dos McCann, que tinha três anos quando desapareceu durante umas férias na Praia da Luz, em 2007.

Fundo Madeleine usado para pagar processo contra Gonçalo Amaral
Notícias ao Minuto

14:51 - 10/01/23 por Notícias ao Minuto

País Madeleine McCann

Os pais de Madeleine McCann tiveram de usar fundos angariados para procurar a filha para pagar custas judiciais do processo que interpuseram contra Gonçalo Amaral, ex-inspetor da PJ que esteve a cargo do caso.

Em setembro passado, Kate e Gerry McCann perderam uma batalha de 13 anos em tribunal com Gonçalo Amaral, depois de este ter sugerido que eles estavam implicados no desaparecimento da filha.

Uma análise do Mirror aos registos consultados revela que Kate e Gerry McCann gastaram mais de 7500 euros do fundo “em relação ao processo de difamação interposto em Portugal”, e que diz respeito ao livro publicado por Gonçalo Amaral ‘Maddie: A Verdade da Mentira’.

O Fundo Madeleine foi criado para “garantir o regresso seguro” da filha dos McCann, que tinha três anos quando desapareceu durante umas férias na Praia da Luz, em 2007.

Recorde-se que Kate e Gerry McCann apresentaram uma queixa contra a justiça portuguesa por ter absolvido Gonçalo Amaral de os indemnizar na sequência de alegações feitas pelo antigo inspetor da Polícia Judiciária num livro e num programa de televisão.

Para o casal, as palavras de Gonçalo Amaral sobre o desaparecimento da filha, então com três anos de idade, representaram uma violação do seu direito ao respeito pela vida privada e o direito à presunção de inocência.

Leia Também: PJ investiga tiroteio contra casa de ex-ministro de São Tomé em Portugal

Recomendados para si

;
Campo obrigatório