Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Próxima noite com "precipitação forte". Leiria passa a alerta laranja

O Comandante nacional da Proteção Civil, André Fernandes, no 'briefing' desta quinta-feira, falou juntamente com a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.

Próxima noite com "precipitação forte". Leiria passa a alerta laranja
Notícias ao Minuto

12:39 - 08/12/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Mau tempo

O comandante nacional da Proteção Civil, André Fernandes, no 'briefing' desta quinta-feira de manhã, revelou que o distrito de Leiria também passou a alerta laranja, ao mesmo nível em que se encontram os distritos de Lisboa, Setúbal, Santarém e Faro. 

De acordo com as informações dadas pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), a noite que se avizinha "vai ser caraterizada com novo agravamento do tempo, ainda que não semelhante à desta noite, mas com novos episódios de precipitação forte e vento"

"O quadro meteorológico é um quadro intermitente, é um quadro que se vai agravar ao longo do dia, nomeadamente na madrugada desta quinta-feira para amanhã e aqui é expectável de facto que possa haver outras situações, eventualmente de menor dimensão, mas temos de estar atentos", disse o comandante nacional da Proteção Civil na conferência de imprensa.

André Fernandes, no mesmo 'briefing' avançou ainda que, desde que houve agravamento do tempo, houve um total de 1.977 ocorrências. "Seixal com 17 ocorrências, Mafra com 20, Alenquer com 24, Vila Franca de Xira com 32, Cascais com 56, Odivelas com 61 ocorrências, Almada com 71, Loures com 77, Oeiras com 79, Amadora com 103, Sintra com 157 e em destaque Lisboa com 334 ocorrências", disse o comandante.

Nas operações de socorro, segundo o comandante, estiveram envolvidos 4.247 operacionais e 998 meios terrestres.

A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, na mesma conferência, em conjunto com André Fernandes, pediu à população para se manter atenta às informações transmitidas pela ANEPC. "Que as pessoas se mantenham o mais possível em casa, restringindo movimentações na rua àquelas que são as deslocações absolutamente necessárias, e que se possam resguardar e que se possam também auto proteger", apelou.

Caos em Lisboa

De acordo com os dados provisórios revelados pelo comandante nacional, em Lisboa - o distrito mais afetado - o total foi de 913 ocorrências, provocando 27 desalojados: nove em Odivelas, seis na Amadora e 12 em Loures, que estão instaladas em zonas de apoio à população.

"Ao longo desta situação foram instaladas três zonas de apoio à população, uma em Odivelas no Pavilhão Polivalente de Odivelas, com um total de nove desalojados a serem assistidos nesta zona de concentração de apoio à população", revelou também André Fernandes.

Na Amadora, no espaço da Junta de Freguesia de Carenque, estão seis pessoas a serem assistidas e que ficaram desalojadas. Já em Loures, a zona de apoio à população escolhida foi o Pavilhão Paz e Amizade, que recebeu 12 desalojados.

Os restantes distritos de Portugal Continental encontram-se sob aviso amarelo, devido à previsão de chuva por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoada e de rajadas fortes de vento.

Leia Também: Mau tempo obriga 22 pessoas a sair de casa em Loures

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório