Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

"Transição democrática em Timor Leste tem sido difícil"

O ex-presidente da República português Ramalho Eanes admitiu hoje que a transição democrática em Timor-Leste, que completa 20 anos de independência no dia 20 de maio, tem sido "difícil e demorada".

"Transição democrática em Timor Leste tem sido difícil"

"Um país que se torna independente depois de um processo complicado, é um país que tem uma transição democrática difícil, uma institucionalização democrática nada fácil e, depois, uma consolidação democrática demorada", afirmou.

Falando aos jornalistas em Fafe, à margem de uma conferência sobre os 48 anos do 25 de abril, para a qual foi convidado pelo município local, Eanes referiu que "o regime democrático de Timor-Leste está, como todos os regimes democráticos, a consolidar-se e a crescer com muitos problemas".

Quando foi chefe do Estado e depois de exercer aquelas funções, Ramalho Eanes defendeu a autodeterminação de Timor-Leste, numa altura em que aquele antigo território ultramarino português estava sob ocupação indonésia.

Ainda sobre o processo democrático daquele país, Eanes anotou que se trata de um "processo recente", que teve "grandes dificuldades", sendo normal que esteja "mais atrasado em relação aos países desenvolvidos".

Leia Também: Abril "valeu a pena" para portugueses "serem donos do seu destino"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório