Meteorologia

  • 07 OUTUBRO 2022
Tempo
29º
MIN 18º MÁX 30º

Lote de testes retirado na Irlanda "não foi comercializado em Portugal"

Houve "sete notificações" de casos de falsos positivos. Infarmed afirma que, para já, os dados disponíveis "não evidenciam neste momento um risco relevante para a saúde pública". 

Lote de testes retirado na Irlanda "não foi comercializado em Portugal"
Notícias ao Minuto

19:03 - 07/01/22 por Notícias ao Minuto

País Genrui

Portugal recebeu "sete notificações" de casos de falsos positivos, "num universo de cerca de sete milhões", relacionadas com os autotestes do fabricante Genrui Biotech Inc.. A informação foi revelada, esta sexta-feira, pelo Infarmed, após ter sido noticiado que na Irlanda estavam a ser recolhidos estes autotestes após queixas de centenas de resultados enganadores. 

A Autoridade Nacional do Medicamento esclareceu, num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, que o fabricante Genrui Biotech Inc. a informou de que os lotes comercializados na Irlanda "não foram comercializados em Portugal"

Na mesma nota, o Infarmed detalha ainda que se encontra "em contacto com as suas congéneres europeias, assim como, com o fabricante do autoteste, para reunir toda a informação relevante, de forma a melhor poder avaliar a situação, nomeadamente, notificações recebidas pelas restantes autoridades europeias, entre outras informações". 

No entanto, para já, os dados disponíveis "não evidenciam neste momento um risco relevante para a saúde pública"

Recorde-se que, na Irlanda, os autotestes começaram a ser recolhidos após terem sido feitas mais de 550 queixas de pessoas que alegavam que os kits de teste Genrui forneceram falsos positivos. Também a Alemanha teve o mesmo problema em dezembro, altura em que a Autoridade de Hamburgo para Escolas e Educação e Treino Vocacional (BSB) recebeu reclamações semelhantes. Por isso, estes testes deixaram de ser usados.

De acordo com a SIC Notícias, esta marca é uma das mais vendidas em Portugal, sendo comercializada em supermercados como o Pingo Doce ou Lidl. 

E esta não é a primeira vez que testes deste fabricante dão problemas. Recorde-se que, em setembro de 2021, foram feitas várias reclamações por falhas nos componentes do kit. De acordo com a Autoridade Nacional do Medicamento, na altura, os incidentes reportados estavam relacionados com o facto de o tubo de diluição da amostra não apresentar líquido ou apresentar um volume de líquido insuficiente para prosseguir com o teste e obter um resultado válido.

O Infarmed deu conta dessas reclamações e apelava a que não se realizasse o teste caso houvesse esse problema no kit.

Leia Também: Genrui. Autotestes vendidos em Portugal retirados do mercado na Irlanda

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório