Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

Edição

PJ não tem espaço para armazenar coleção de arte de João Rendeiro

RTP avança que a mulher do antigo presidente do BPP não entregou à PJ todas as obras de arte. SIC adianta que as peças expostas no jardim ainda não foram retiradas porque não foi ainda encontrada uma solução para o armazenamento das obras.

PJ não tem espaço para armazenar coleção de arte de João Rendeiro

A Polícia Judiciária (PJ) deixou de ter espaço para armazenar a coleção de arte apreendida de João Rendeiro, avança a SIC Notícias.

A PJ já terá pedido apoio ao tribunal, devido à dimensão das peças, que têm estado a ser recolhidas desde a semana passada.

Segundo a SIC, a primeira fase da apreensão, destinada às obras guardadas no interior da casa de João Rendeiro, ficou concluída na semana passada.

Já as peças expostas no jardim ainda não foram retiradas, já que não foi ainda encontrada uma solução para o armazenamento das obras. Num documento a que a SIC teve acesso, a Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ pede ao tribunal indicações sobre o destino a dar às obras.

À falta de espaço nas instalações da PJ, o tribunal indica que deverá ser o Gabinete de Administração de Bens a guardar e a conservar as peças.

Por outro lado, a RTP avança que a mulher do antigo presidente do BPP não entregou à PJ todas as obras de arte que desapareceram da casa do casal. O prazo terminava esta segunda-feira.

Leia Também: Mulher de Rendeiro tem cinco dias para entregar obras de arte em falta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório