Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2021
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Escolas vão ter seis milhões extra para compra de material de proteção

O Ministério da Educação informa que vai volta a disponibilizar "uma verba adicional" às escolas para que "sejam garantidas gratuitamente máscaras a alunos, pessoal docente e não docente, no 1.º período do novo ano letivo".

Escolas vão ter seis milhões extra para compra de material de proteção

"Esta dotação adicional", que já foi comunicada às escolas, visa que sejam "garantidas gratuitamente máscaras a alunos, pessoal docente e não docente, no 1.º período do novo ano letivo".

Destaque ainda para "a possibilidade de compra de máscaras para os alunos do 1.º ciclo do ensino básico que as pretendam utilizar", lê-se no comunicado enviado pelo Ministério da Educação ao Notícias ao Minuto e que aponta para a última orientação da DGS, que recomenda o uso da máscara também para os alunos do 1º ciclo.

A disponibilização "gratuita, a alunos e profissionais, de máscaras e outros equipamentos de proteção individual, bem como de produtos de desinfeção e limpeza – nomeadamente luvas e aventais laváveis e solução antissética de base alcoólica)" insere no conjunto de medidas de prevenção e mitigação do risco de transmissão da Covid-19, assinala a tutela.

Na nota da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) são detalhados os materiais a que os seis milhões de euros se destinam: três máscaras para cada aluno, professor e funcionário, luvas e aventais para os assistentes operacionais, e desinfetante.

O próximo ano letivo deverá arrancar entre os dias 14 e 17 de setembro, prevendo-se que até ao dia 19 do mesmo mês um universo de 570 mil crianças e jovens entre os 12 e os 17 anos estejam vacinadas, anunciou o primeiro-ministro no debate do Estado da Nação.

Já esta terça-feira, na reunião no Infarmed, o vice-almirante Gouveia e Melo informou que a vacinação desta faixa etária arrancará no fim de semana de 14 e 15 de agosto, faltando apenas o aval da Direção-Geral da Saúde (DGS).

"A 14 de agosto, vamos iniciar a vacinação dos adolescentes dos 16 e 17 anos. Entre os 12 e os 15 anos será nos dois fins de semana a seguir, se a DGS acordar da importância da vacinação desta faixa da população", explicou o coordenador da task force.

[Notícia atualizada às 18h31]

Leia Também: AO MINUTO: Distintos ritmos de vacinação complicam controlo de fronteiras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório