Meteorologia

  • 17 MAIO 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Associações querem proibir exploração de hidrocarbonetos para 2030

A Confederação Portuguesa de Associações de Defesa do Ambiente (CPADA) e outras associações congéneres defenderam hoje, no parlamento, a proibição para 2030 da exploração de hidrocarbonetos na futura Lei de Bases do Clima.

Associações querem proibir exploração de hidrocarbonetos para 2030
Notícias ao Minuto

14:12 - 02/03/21 por Lusa

País Defesa do ambiente

O fim da extração de hidrocarbonetos foi proposto por João Branco, da CPADA, na audição da Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território para a discussão da Lei de Bases do Clima.

"Se se permitir, a queima de combustíveis fósseis nunca vai acabar e seria um sinal político importante o fim da exploração de hidrocarbonetos", alertou.

O "não à extração de combustíveis fósseis" foi também sugerido por Catarina Grilho, da Coligação C6, que representa a WWF-Associação Natureza Portugal, o Fundo para a Proteção dos Animais Selvagens (FAPAS), a Liga para a Proteção da Natureza, a QUERCUS e a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves.

Todas foram da opinião de que se deve acabar com os subsídios aos combustíveis fósseis e, em alternativa, avançar-se com a reforma da 'fiscalidade verde'.

"É essencial a reforma fiscal para dar um sinal de que poluir é caro", disse João Joanaz de Melo, pelo GEOTA.

Em contraponto, propuseram que as receitas dos "poluidores" devam ser usadas para incentivar investimentos de eficiência energética pelas famílias e empresas.

"O Estado pode impor níveis maiores de eficiência para os bens de consumo, como os eletrodomésticos, e seria boa ideia incluir apoios às famílias na aquisição de painéis fotovoltaicos", exemplificou João Branco, da CPADA.

CPADA e GEOTA mostraram-se a favor da antecipação das metas de redução das emissões de gases na futura Lei de Bases do Clima, alargando-as a outros gases de efeito de estufa além do dióxido de carbono.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório