Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Chuva começa a dar tréguas. Máximas vão subir no fim de semana

Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para os próximos dias uma pequena descida da temperatura mínima mas, em compensação, uma subida da máxima.

Chuva começa a dar tréguas. Máximas vão subir no fim de semana
Notícias ao Minuto

09:47 - 12/02/21 por Melissa Lopes

País Tempo

Têm sido dias de chuva e chuviscos por todo o país, mas isso vai começar a mudar a partir desta sexta-feira. Se hoje a previsão aponta ainda para precipitação até ao início da tarde, está prevista uma diminuição da nebulosidade a partir da tarde.

Céu pouco nublado, apresentando períodos de maior nebulosidade
até final da manhã. Neblina ou nevoeiro matinal, em especial na região Sul.

De acordo com as previsões do IPMA, sábado ficará marcado por períodos de céu muito nublado, tornando-se pouco nublado ou limpo a partir do final da manhã. Ou seja, será um sábado sem chuva em todo o território continental.

Os meteorologistas assinalam a neblina ou nevoeiro matinal, em especial na região Sul, assim como a possibilidade de formação de geada no interior Norte e Centro. Prevê-se também uma pequena descida da temperatura mínima e pequena subida da temperatura máxima.

Um cenário que se vai repetir no domingo, prevendo o IPMA céu geralmente pouco nublado e, também, uma pequena subida da temperatura máxima. Neste dia, as máximas vão oscilar entre os 21ºC em Setúbal, os 20ºC em Braga, Aveiro e Évora, os 19ºC em Faro e Beja e os 18º em Lisboa e no Porto. A Guarda não irá além dos 12ºC de temperatura máxima.

Estando o país em confinamento devido à pandemia da Covid-19, o ideal é aproveitar as tréguas da chuva para arejar a casa.

Leia Também: "Temos de sair da primavera sem mais um verão e outono ameaçados"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório