Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Emocionante. Após isolamento, António pôde finalmente abraçar a mulher

Imagens do reencontro foram partilhadas na página de Facebook do lar onde o casal de idosos vive, na Guarda.

Já Roger Bussy-Rabutin dizia: “a distância faz ao Amor aquilo que o vento faz ao fogo, apaga o pequeno, inflama o grande”. E assim é para o senhor António e para a dona Cândidinha.

Durante 14 dias, o senhor António esteve em isolamento, por prudência, devido à Covid-19, no Centro de Solidariedade Social da Reigada, na Guarda, longe da companheira de uma vida, para tristeza de ambos.

Ao longo do tempo, o lar preparou várias surpresas para animar os idosos. Adequaram a atividade do bingo para o senhor António poder participar nos momentos de convívio do centro e levaram a dona Cândidinha até junto à porta do quarto do marido, devidamente protegida por um acrílico, para poderem matar saudades.

No vídeo do momento, partilhado pelo lar na sua página de Facebook, vê-se o senhor António emocionado com a visita e a mulher a dar-lhe força. Só faltavam alguns dias para se poderem abraçar novamente.

E finalmente o dia do tão esperado reencontrou chegou. Esta terça-feira, dia 24 de novembro, os funcionários do lar ajudaram o senhor António a preparar uma surpresa à mulher. Com um ramo de flores nas mãos, o idoso foi tapado por uma enorme caixa de papelão revestida com papel de embrulho. Quando a senhora Cândidinha se aproximou foi surpreendida com o melhor presente que podia ter.

O momento emocionante ficou registado em vídeo e foi partilhado pelo centro nas redes sociais. Mas o melhor é mesmo assistir na galeria acima.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório