Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Câmara de Estarreja reforça apoios e distribui material de proteção

A Câmara Municipal de Estarreja aprovou um conjunto de medidas para minimizar os impactos da pandemia, e o reforço da distribuição de equipamentos de proteção individual, informou hoje fonte da autarquia.

Câmara de Estarreja reforça apoios e distribui material de proteção
Notícias ao Minuto

19:01 - 20/11/20 por Lusa

País Covid-19

No apoio às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), Entidades de Saúde, Educação e Forças de Segurança e Socorro, a Câmara de Estarreja vai continuar a distribuir às entidades locais Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e outros materiais necessários, no âmbito do combate à pandemia COVID-19.

A distribuição inclui 33 mil artigos, entre máscaras cirúrgicas, respiradores FFP2, batas e aventais descartáveis, álcool gel, luvas, viseiras, fatos de proteção, cobre-pés hospitalares e máscaras sociais.

A remessa representa um investimento de 16 620 euros, beneficiando as IPSS, Bombeiros Voluntários de Estarreja, Unidades de Saúde locais e escolas do 1.º ciclo.

A distribuição é realizada "de acordo com a disponibilidade do Município e com a tipologia das respostas sociais e serviços prestados pelas várias entidades".

"O Município de Estarreja tem vindo a encetar um esforço de aquisição de EPI, de forma a garantir maior proteção aos profissionais que prestam os cuidados aos nossos idosos nas IPSS, como também às unidades de saúde locais, Bombeiros e GNR", refere uma nota municipal.

O executivo decidiu, na última reunião de Câmara, aprovar a renovação da isenção de pagamento de taxas de ocupação de via pública para as esplanadas abertas até ao final do ano 2021 e renovar, até 31 de dezembro de 2020, a não cobrança dos custos associados à utilização de transportes e instalações municipais.

PORTUGAL:

Portugal contabiliza pelo menos 3.762 mortos associados à covid-19 em 249.498 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 191 concelhos.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório