Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2020
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Segundo suspeito do homicídio do rapper Mota Jr fica em prisão preventiva

O suspeito foi detido no Reino Unido, no dia 28 de maio.

Segundo suspeito do homicídio do rapper Mota Jr fica em prisão preventiva

O segundo suspeito do rapto e do homicídio do rapper Mota Jr., João Luizo, vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

A Polícia Judiciária confirmou, esta quinta-feira, que o suspeito foi presente a primeiro interrogatório judicial, depois de ter sido detido no Reino Unido, no dia 28 de maio.

Esta detenção, dá ainda conta a força de segurança, ocorreu em cumprimento de Mandado de Detenção Europeu, emitido no âmbito de inquérito titulado pelo DIAP de Sintra e cuja investigação se encontra a cargo da Unidade Nacional Contra Terrorismo, da Polícia Judiciária.

Recorde-se que João Luizo, de 26 anos, terá alegadamente fugido para Inglaterra e percorreu depois várias cidades inglesas na tentativa de fugir às autoridades. Acredita-se que João terá sido o mandante do roubo que culminou na morte do rapper, em março.

De salientar que se encontra também preso preventivamente um outro indivíduo, "presumível coautor", depois de ter sido intercetado na altura em que chegou a território nacional, num voo proveniente do Reino Unido, no passado mês de maio.

No dia 18 de maio, as autoridades encontraram um corpo em elevado estado de decomposição, numa zona de descampado, em Sesimbra, vindo mais tarde a confirmar-se, segundo avançou a imprensa nacional, que se tratava do corpo de Mota Jr.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório