Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Madeira regista mais dois recuperados e fica com cinco casos ativos

A Madeira regista cinco casos ativos com infeção por covid-19, menos dois do que os reportados sábado, anunciou hoje o Instituto de Administração da Saúde da Região (IASAÚDE).

Madeira regista mais dois recuperados e fica com cinco casos ativos
Notícias ao Minuto

19:23 - 07/06/20 por Lusa

País Covid-19

"São 90 os casos confirmados contabilizados na Região Autónoma da Madeira, 85 dos quais recuperados e cinco ativos, que permanecem sem necessidade de cuidados hospitalares", pode ler-se no boletim epidemiológico divulgado pela autoridade regional de saúde do arquipélago, onde não ocorreu qualquer morte por causa do novo coronavírus.

A informação adianta que dos dois novos casos recuperados, um é residente no concelho da Ponta do Sol e o outro do município de Câmara de Lobos.

O IASAÚDE recorda que até hoje foram notificados na Madeira 1.543 casos suspeitos, dos quais 1.453 acabaram por ser negativos.

Também menciona que estão neste momento a ser acompanhadas na região 653 pessoas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos do arquipélago, sendo 376 em vigilância ativa e 277 em autovigilância.

Hoje foi ainda dado como recuperado o caso positivo reportado em 01 de junho, uma pessoa que chegou ao aeroporto da Madeira, mas foi contabilizada na região Centro, de onde provinha.

Em matéria de realização de testes de despiste, o IASAÚDE indica que o Laboratório de Patologia Clínica do Serviço Regional de Saúde da Madeira (SESARAM) processou 17.188, abrangendo um universo de 15.634 pessoas.

O SESARAM também anunciou hoje que, no âmbito do Plano de Contingência covid-19, ocorrerá a reabertura gradual da atividade presencial nos centros de saúde da região.

A partir de segunda-feira vão estar em funcionamento os Serviços de Atendimento Urgente, das 08:00 às 20:00, nos dias úteis, nos centros de saúde de São Vicente, Porto Moniz e Santana, no norte da Madeira, os quais mantiveram funcionamento presencial previamente programado.

Com atendimento urgente 24 horas mantêm-se os centros de saúde de Machico, Ribeira Brava e Porto Santo, enquanto os utentes do Funchal "podem recorrer a qualquer um destes centros de saúde em funcionamento 24 horas, em alternativa à urgência do Hospital Nélio Mendonça".

Ainda no âmbito do plano de retoma das atividades presenciais ao nível dos cuidados de saúde primários, desde o dia 01 de junho, aumentaram os períodos de consulta os centros do Bom Jesus, São Roque, Monte, Santo António, Nazaré, Câmara de Lobos e Prazeres.

"Estas novas consultas permitem dar resposta a utentes com doença aguda, com agravamento de situações de doença crónica e em que não seja necessária a ida a um serviço de atendimento urgente ou à urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça", salienta o SESARAM, em comunicado.

Nos centros de saúde da região foram retomadas as consultas presenciais de Psicologia, Nutrição, Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, bem como o atendimento pelo Serviço Social.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 400 mil mortos e infetou mais de 6,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.479 pessoas das 34.693 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde, divulgado no sábado.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório