Meteorologia

  • 07 JULHO 2020
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 35º

Edição

Quem era Beatriz Lebre e o que se sabe até agora sobre o crime

O cadáver de Beatriz Lebre terá sido atirado ao rio Tejo, de acordo com o homicida confesso, local de onde as autoridades retiraram um cadáver feminino esta sexta-feira.

Quem era Beatriz Lebre e o que se sabe até agora sobre o crime

As autoridades retiraram, esta sexta-feira, um cadáver do sexo feminino do rio Tejo, junto a Santa Apolónia, que poderá ser o da jovem de 23 anos, Beatriz Lebre, uma vez que o local terá sido o mesmo onde o homicida confesso, Rúben Couto, admitiu ter atirado o corpo. Contudo, as autoridades não confirmaram se se trata do corpo da vítima.

Ao Notícias ao Minuto, fonte da Capitania de Lisboa referiu este sábado que corpo foi entregue ao Instituto de Medicina Legal e que "não tem informação de que seja" Beatriz Lebre.

A mesma informação foi dada pela Polícia Judiciária de Lisboa. 

Mas quem era Beatriz Lebre?

A jovem de 23 anos, natural de Elvas, licenciou-se em Psicologia no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) e encontrava-se atualmente a tirar o Mestrado em Psicologia Social e das Organizações. Ao mesmo tempo, trabalhava na loja Disney Store, num centro comercial.

De acordo com a própria nas redes sociais, as artes sempre foram a sua grande paixão. "Sou apaixonada por música, pessoas, cinema, teatro, filosofia e literatura. Sempre estive", pode ler-se na sua página do LinkedIn

Crime terá sido motivado por ciúmes

O alerta para o desaparecimento de Beatriz Lebre foi dado na passada sexta-feira pela mãe. O caso, que inicialmente estava nas mãos da Polícia de Segurança Pública, transitou entretanto para a alçada da Polícia Judiciária, já que em causa estava a suspeita de um crime.

As autoridades acreditam que o crime terá sido motivado por ciúmes e que os jovens, colegas de curso, tinham uma relação abusiva.  

Esta quinta-feira, terá sido encontrado, pela Polícia Judiciária, o bastão que alegadamente foi utilizado pelo jovem estudante de psicologia, Rúben Couto, para levar a cabo o homicídio de Beatriz Lebre, avançou a TVI24.

O autor confesso do crime, que deverá entretanto ser presente a um juiz de instrução criminal, está indiciado pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Recorde-se que o jovem estudante de Psicologia terá confessado o crime à Polícia Judiciária depois de, na quarta-feira, ter sido interrogado. 

De acordo com a TVI, o jovem terá tentado o suicídio nos calabouços da PJ, tendo depois sido encaminhado para uma unidade hospitalar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório