Meteorologia

  • 28 MAIO 2020
Tempo
30º
MIN 20º MÁX 33º

Edição

Dinis só esperou uma hora. Já nasceu o primeiro bebé em Torres Novas

Serviço de Ginecologia/Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo foi transferido esta quinta-feira para o Hospital de Torres Novas devido à pandemia causada pelo SARS-Cov 2.

Dinis só esperou uma hora. Já nasceu o primeiro bebé em Torres Novas

O Serviço de Ginecologia/Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, encontra-se desde as 9h00 da manhã desta quinta-feira na Unidade Hospitalar de Torres Novas. E apenas uma hora depois nasceu o Dinis. 

Ana Isabel João, mãe do Dinis e da Matilde, que tem três anos, encontrava-se muito feliz com o nascimento do seu segundo filho.

A juntar à felicidade do momento, o registo para história de ter sido o primeiro bebé a nascer naquela unidade hospitalar. 

"Vivo cá há dez anos, mas toda a família do pai é Torrejana de gema. E sim, estou muito contente por ser o primeiro bebé a nascer, tantos anos depois, aqui", disse Ana Isabel João, citada por fonte hospitalar. 

De acordo com a mesma fonte, a transferência do serviço realizou-se "de forma tranquila e planeada", não tendo sido necessário que nenhuma das mães seguidas no CHMT, EPE, recorresse a outras entidades hospitalares, durante os dias da mudança da maternidade.

Recorde-se que a deslocação de instalações da Maternidade da Unidade Hospitalar de Abrantes para a Unidade Hospitalar de Torres Novas decorrerá tão-só enquanto durar o plano de contingência de combate ao novo coronavírus, SARS-Cov2.

A decisão visa, por um lado, salvaguardar as mães e recém-nascidos e, por outro lado, concentra na Unidade Hospitalar de Abrantes "os meios clinicamente mais diferenciados para a primeira linha de assistência aos doentes com Covid-19". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório