Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Serviço Regional de Saúde dos Açores com 80 quartos de isolamento

O Serviço Regional de Saúde dos Açores disponibilizou 80 quartos de isolamento para fazer face a um eventual surto de Covid-19, indo os potenciais portadores do vírus ser canalizados para o hospital da ilha Terceira, anunciou o Governo Regional.

Serviço Regional de Saúde dos Açores com 80 quartos de isolamento

"A capacidade do Serviço Regional de Saúde para lidar com casos de infeção foi reforçada e neste momento os hospitais dos Açores estão tecnicamente preparados e têm um total de 80 quartos de isolamento", disse a secretária regional da Saúde, Teresa Luciano.

A governante precisou que o "Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, tem 41 quartos de isolamento, o de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo, tem 35 e o Hospital da Horta tem quatro quartos".

A governante disse ainda que, em caso de necessidade de análises para confirmar ou não a infeção por coronavírus Covid-19, o Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira é o laboratório de referência da região.

Segundo uma nota do gabinete de imprensa do executivo açoriano, divulgada na noite de quarta-feira, a titular da pasta da Saúde, que falava em conferência de imprensa, em Ponta Delgada, disse que "o Governo dos Açores tem seguido de forma muito próxima a situação internacional, 24 horas por dia".

Também na conferência de imprensa, o diretor regional de Saúde, Tiago Lopes, precisou que "primariamente os doentes serão transportados para o Hospital Santo Espírito da Ilha Terceira, porque é o hospital que tem a capacidade de laboratório para fazer a confirmação do diagnóstico e os quartos com pressão negativa para proceder ao internamento e tratamento do caso suspeito".

No capítulo da prevenção, segue-se um "reforço significativo da informação e da educação à população, para que esta conheça as medidas a adotar, a fim de proteger a sua saúde e a saúde de toda a comunidade", adiantou.

De acordo com a secretária regional da Saúde, os hospitais e as unidades de saúde de ilha têm vindo a atualizar e a testar os seus planos de contingência, bem como a formar os seus profissionais", assegurando que "não se prevê qualquer dificuldade ao nível da disponibilidade do material necessário".

Teresa Luciano adiantou que a Direção Regional da Saúde, em articulação com a Direção Regional da Educação e a Universidade dos Açores, tem vindo a monitorizar os estudantes que se deslocaram ao abrigo do programa Erasmus ou de outros programas de mobilidade.

A governante referiu que a Linha de Saúde Açores -- 808 24 60 24 - é o ponto de contacto privilegiado para encaminhamento de eventuais casos suspeitos, bem como de informação e aconselhamento à população, pelo que, em caso de dúvida, "as pessoas devem contactar a Linha de Saúde Açores e nunca se dirigirem ao hospital ou centro de saúde".

A secretária regional disse ainda que está a funcionar nos Açores um Grupo Técnico de Coordenação que "acompanha a implementação de procedimentos e medidas definidas a nível nacional e internacional, bem como a sua adaptação à estrutura regional".

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.800 mortos e mais de 82 mil pessoas infetadas, de acordo com dados reportados por 48 países e territórios.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) registou 25 casos suspeitos de infeção, sete dos quais ainda estavam em estudo na quarta-feira à noite.

As análises aos restantes 18 casos suspeitos deram negativo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório