Meteorologia

  • 07 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Morreu o escritor Vasco Pulido Valente

Comentador político tinha 78 anos.

Morreu o escritor Vasco Pulido Valente

O escritor Vasco Pulido Valente morreu, esta sexta-feira, aos 78 anos, avança o jornal Público.

De acordo com o mesmo jornal, o também ensaísta e comentador político estava internado numa unidade hospitalar de Lisboa. 

Vasco Pulido Valente era colunista do Público desde a fundação do jornal. Também colaborou com o Expresso, Diário de Notícias, TSF, TVI, A Tarde e O Independente.

O escritor nasceu em 1941, licenciou-se em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e doutorou-se em História pela Universidade de Oxford e escreveu vários livros como 'O Poder e Povo: A Revolução de 1910', 'O País das Maravilhas', 'De Mal a Pior - Crónicas' e, mais recentemente, 'O Fundo da Gaveta - Contra-Revolução e Radicalismo no Portugal Moderno'.

Entretanto, também trabalhou como investigador-coordenador do Instituto de Ciências Sociais e lecionou e no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, na Universidade Católica e na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

Uma crónica sua, no Público, sobre o estado do PS, no verão de 2014, intitulada 'A Geringonça', viria a estar na origem da caraterização feita mais tarde por Paulo Portas sobre os acordos entre PS, Bloco de Esquerda e PCP, que viriam a sustentar a constituição do XXI Governo Cosntitucional.

Leia Também: Morreu o deputado do PS João Ataíde das Neves. Tinha 61 anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório