Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 23º

Edição

Migrantes estão à guarda do SEF. Autoridade tenta apurar as identidades

Onze jovens foram detetados esta madrugada ao largo da Ilha de Armona, no concelho de Olhão.

Migrantes estão à guarda do SEF. Autoridade tenta apurar as identidades

Os onze migrantes que esta madrugada foram detetados ao largo da Ilha de Armona, no concelho de Olhão, numa pequena embarcação a motor estão à guarda do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). São oriundos do Norte de África e têm, alegadamente, idades compreendidas entre os 21 e os 30 anos. 

"Aos cidadãos, intercetados pela Polícia Marítima, foram, de imediato, asseguradas as necessidades básicas, incluindo alimentação e assistência médica", assegura o SEF em comunicado enviado às redações esta quarta-feira de manhã.

A nota prossegue referindo que "sem prejuízo da avaliação médica requerida, e que está a ser assegurada pela Cruz Vermelha Portuguesa, três deles deslocaram-se previamente ao Hospital de Faro, os quais já tiveram alta durante a manhã".

Os migrantes, todos do sexo masculino "encontram-se atualmente à guarda do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que está a desenvolver os procedimentos necessários para apurar as suas identidades, bem como avaliar o enquadramento da situação, com recurso a um intérprete para a realização das entrevistas".

O SEF disse ainda à agência Lusa que os jovens não têm documentos e que falam "muito pouco francês".

Recorde-se que estes migrantes dizem ser de El Jadida, a mesma cidade dos jovens que, em dezembro, desembarcaram na praia em Monte Gordo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório