Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
24º
MIN 19º MÁX 28º

Edição

Praias com bandeira vermelha no Algarve por causa de "maré vermelha"

Alta densidade de dinoflagelados tornaram as praias entre Faro e Vilamoura desaconselhadas a banhos.

As praias situadas entre a Ilha do Farol e Vilamoura, no Algarve, estão interditadas a banhos por causa de uma mancha de dinoflagelados (Dynophyceae) que foi detetada este domingo, confirmou ao Notícias ao Minuto o porta-voz da Autoridade Marítima Nacional.

De acordo com a delegação do Algarve da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), os dinoflagelados são microalgas que, quando em grande densidade, causam aquilo que se apelida de "maré vermelha".

Segundo a autoridade marítima, que cita uma recomendação da Agência Portuguesa do Ambiente, a presença destes organismos, que podem produzir substâncias tóxicas, torna a água "desaconselhada a banhos" por ser "prejudicial para a saúde".

Estas toxinas podem causar, normalmente, diarreia ou irritabilidade da pele, mas este não é o caso dos organismos que foram detetados no Algarve, segundo explicou ao Notícias ao Minuto a delegada de Saúde regional. Ana Cristina Guerreiro sublinhou que estes dinoflagelados "são produtores de uma toxina paralisante", que "afeta o sistema nervoso periférico", causando "sensação de dormência".

Os efeitos podem ser sentidos aquando da inalação ou ingestão, algo que pode acontecer com o banho na água ou mesmo a atividade da pesca.

De acordo com José Pacheco, diretor regional da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), "não é para já conhecida a espécie em questão, tendo sido recolhidas amostras para análises, cujo resultado só será conhecido dentro de alguns dias".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório