Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Português morto em ataque no Sri Lanka estava em lua de mel

Governo desaconselha os portugueses a viajar para o Sri Lanka e pede aos que lá estão para evitarem locais movimentados.

Português morto em ataque no Sri Lanka estava em lua de mel

O português que morreu este domingo na sequência dos ataques sangrentos no Sri Lanka estava naquele país em lua de mel. Encontrava-se no hotel Kingsbury, um dos atingidos pelas explosões. 

A mulher está a receber todo o apoio que "é possível conceder" por parte da cônsul de Portugal no Sri Lanka, disse o secretário de Estado das Comunidades, em declarações à TVI 24, estando a ser preparado, tão rápido quanto possível, o seu regresso a Portugal. 

José Luís Carneiro adiantou que há 10 cidadãos portugueses registados a viver naquele país e que se apurou que estão bem de saúde. 

Quanto a turistas portugueses, o Governo soube de uma segunda família, composta por quatro elementos, e que se encontram igualmente bem de saúde. 

O governante aproveitou para aconselhar os portugueses a não viajar para o Sri Lanka nesta altura. Em relação aos que estão no país, José Luís Carneiro aconselha a que evitem locais movimentados, preferindo locais "o mais reservados possível". 

"As circunstâncias são de facto muito graves, foram vários os ataques terroristas quer a igrejas católicas quer a hotéis. Os ataques têm-se vindo a replicar, neste momento todas as fronteiras estão fechadas por determinação das autoridades", sublinhou. 

De acordo com o último balanço, o número de mortos resultante deste ataque coordenado é já de 187, sendo de prever que o número venha a aumentar. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório