Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Filho de Ágata julgado por abuso sexual de jovem de 14 anos

O julgamento de Marco de Sousa Caneira teve início esta terça-feira e continua esta quinta-feira, à porta fechada, sem a sua presença.

Filho de Ágata julgado por abuso sexual de jovem de 14 anos
Notícias ao Minuto

13:51 - 06/12/18 por Notícias ao Minuto 

País Ponta Delgada

As autoridades levaram a cabo uma investigação por uma alegada violação em que o autor será o filho da cantora Ágata, Marco de Sousa Caneira, de 38 anos. Em causa estará a denúncia de uma enfermeira que assistiu, de acordo com a TVI24, a menor no hospital, dias depois do suposto abuso sexual. A alegada vítima é uma jovem de 14 anos, residente em Povoação, Ponta Delgada. 

Contactada pela estação de Queluz, fonte do Tribunal Judicial da Comarca de Ponta Delgada, nos Açores, confirmou que o julgamento do arguido de 38 anos começou esta terça-feira, sem a sua presença, tendo sido representado pelo seu advogado. Para não marcar presença, o arguido alegou questões de saúde mental.

Sabe ainda a televisão que o julgamento continua esta quinta-feira, à porta fechada, sendo que serão ouvidas as testemunhas antes das alegações finais do advogado com a pasta da defesa e do Ministério Público, que o acusa de um crime de violação agravada, um crime de tentativa de pornografia de menores agravado e um crime de importunação sexual.

Saliente-se que o caso que motivou a abertura do processo judicial remonta a 2016, altura em que o filho da cantora terá violado uma jovem numa festa popular na freguesia da Nossa Senhora dos Remédios, na Povoação. 

De acordo com o relato da suposta vítima às autoridades, Marco terá levado a adolescente para um gabinete da Junta de Freguesia, no final de um concerto. Este era o local que lhe tinha sido designado enquanto agente do cantor que atuou naquela festa. De acordo com as suas alegações, a jovem foi forçada a fazer sexo oral e anal contra a sua vontade.

Depois de a mãe da jovem ter tido conhecimento do caso, através de um familiar, levou a filha a uma unidade hospitalar para fazer um teste de gravidez. 

Recorde-se que esta não é a primeira vez que Marco de Sousa Caneira enfrenta problemas com a justiça, sendo que em 2014 foi condenado pelo Supremo Tribunal de Justiça a indemnizar em dez mil euros uma antiga namorada, depois de ter sido divulgado um vídeo íntimo do casal num site pornográfico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório