Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
25º
MIN 24º MÁX 25º

Edição

"Todos somos primos e primas e não há compadrio nenhum"

Presidente de Pedrógão Grande garante estar tranquilo com buscas da PJ à câmara municipal.

"Todos somos primos e primas e não há compadrio nenhum"
Notícias ao Minuto

18:46 - 12/09/18 por Natacha Nunes Costa 

País Valdemar Alves

“Para mim não há irregularidades, desvio de verbas não pode haver” garantiu o Presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, ao final de um dia de buscas, realizadas pela PJ, esta quarta-feira à autarquia, por suspeitas de desvio de verbas na reconstrução de casas após os trágicos incêndios de junho de 2017.

O autarca garantiu ainda estar “tranquilo” com as buscas e "aliviado" pela Polícia Judiciária estar em Pedrógão Grande.

"Estou tranquilo, eu sou o último a assinar, assinei aquilo que me puseram à frente, confirmando, sim senhor, que confiou no compromisso de honra que quem requereu a casa assinou e com o compromisso de honra dos técnicos da Câmara", afirmou.

Apesar da alegada tranquilidade, Valdemar Alves admitiu que trabalharam "sobre pressão" e que isso pode ter feito que "uma o outra declaração esteja em falta".

"Trabalhamos sobre pressão, começamos a levantar os processos dez dias depois dos fogos. E vocês sabem disso. Por isso, poderá estar em falta uma ou outra declaração, poderá haver declarações erradas. mas isso vai-se averiguar tudo", disse. adiantando que se possa existir "uma ou outra casa que poderão não ser" de primeira habitação.

Quanto às acusações de compadrio, o presidente da Câmara volta a frisar que isso não aconteceu.

"Não acredito no compadrio, estas são terras pequenas, somos poucos habitantes, todos somos primos e primas, todos somos colegas e não há compadrio nenhum, não pode haver. Poderá haver coincidências, admito que haja coincidências, mas nunca compadrios", sublinhou.

Valdemar Alves disse ainda que ninguém foi constituído arguido e revelou, aos jornalistas no local, que além dos 156 processos de reconstrução de casas afetadas pelos incêndios em Pedrógão Grande,  A PJ fez inspecionou também o seu telemóvel e computador, assim como os aparelhos dos funcionários do gabinete responsável por autorizar a cedência de verbas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório