Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
20º
MIN 11º MÁX 20º

Edição

Ataques áereos' na Líbia são no "interesse da segurança" dos EUA

O Presidente dos EUA, Barack Obama, considerou hoje que os ataques norte-americanos contra o grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) em Syrte, na Líbia, se relacionam com a "segurança nacional" do seu país e dos seus aliados europeus.

Ataques áereos' na Líbia são no "interesse da segurança" dos EUA
Notícias ao Minuto

20:05 - 02/08/16 por Lusa

Mundo Obama

do interesse da segurança nacional da América, no nosso combate contra o EI, fazer com que elas [as forças líbias] possam terminar o trabalho", disse no decurso de uma conferência de imprensa na Casa Branca.

"Trabalhamos com elas para assegurarmos que o EI "não se torne forte na Líbia", afirmou o Presidente norte-americano.

Na segunda-feira, aviões de combate norte-americanos conduziram os seus primeiros ataques contra posições do EI em Syrte, a pedido do governo de união nacional (GNA), cujas forças têm revelado muitas dificuldades em reconquistar este bastião 'jihadista'.

Obama reafirmou que estes bombardeamentos aéreos foram decididos e concretizados "a pedido do governo" líbio.

O Presidente dos EUA, que autorizou estas ataques na segunda-feira, sublinhou que "não apenas nós, mas os europeus e outros países do mundo" têm "um grande interesse em ver a Líbia estabilizada".

"Esta ausência de estabilidade contribuiu para alimentar certas dificuldades como a crise migratória na Europa e as tragédias humanitárias nos mares entre a Líbia e a Europa", acrescentou Obama.

Por sua vez, um responsável do Pentágono indicou que as forças norte-americanas efetuaram "cerca de sete ataques [aéreos]" em Syrte.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório