Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2021
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 15º

Edição

Tragédia no Evereste. Duas pessoas morreram e 30 precisam de ajuda

Uma mulher australiana e um homem holandês morreram devido aos efeitos causados pela atitude, que os privou de oxigénio.

Tragédia no Evereste. Duas pessoas morreram e 30 precisam de ajuda

A tragédia ocorreu este fim de semana no Monte Evereste, a montanha mais alta do mundo. Eric Arnold, com 36 anos, e Maria Strydorm, 34, foram as primeiras pessoas a morrer neste ano de 2016 devido a problemas de altitude, que fez com que ficassem com pouco oxigénio.

Antes de tentar subir o Evereste, Arnold tinha sido entrevistado por um jornal e disse que ia concretizar um sonho de criança. Além das mortes, mais de 30 alpinistas ficaram gravemente feridos, com várias partes do corpo congeladas e também com a privação de oxigénio, escreve o The Guardian.

Segundo conta o jornal, 18 pessoas morreram no ano passado quando um terramoto atingiu o Nepal e provocou uma avalanche, deixando o campo de base do Everest completamente destruído.

Entre as 350 pessoas que este ano já conseguiram chegar ao topo do Evereste está Alyssa Azar, uma rapariga de 19 anos, que se tornou na australiana mais nova a conseguir chegar até ao cimo do Monte. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório