Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 15º MÁX 26º

OCDE abriu negociações de adesão com a Tailândia

A OCDE anunciou hoje a abertura de negociações de adesão com a Tailândia, o segundo país do sul da Ásia a ser considerado este ano para aderir à instituição que reúne países desenvolvidos.

OCDE abriu negociações de adesão com a Tailândia
Notícias ao Minuto

15:48 - 18/06/24 por Lusa

Mundo OCDE

"Com a Indonésia e agora a Tailândia, os membros da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) tomaram a decisão de abrir negociações de adesão com a primeira e a segunda maiores economias do sudeste asiático, uma das regiões de crescimento mais rápido do mundo", comentou o secretário-geral da OCDE, Mathias Cormann, citado em comunicado de imprensa.

Com um total de 38 membros, dos quais apenas dois na Ásia (Japão e Coreia do Sul), a OCDE anunciou em fevereiro discussões com a Indonésia.

"Desde a década de 1960 que a Tailândia realizou progressos económicos e sociais notáveis, tornando-se um dos primeiros países do Sudeste Asiático a abrir a sua economia, a trabalhar ativamente para a integrar nas cadeias de valor mundiais e a atrair o investimento direto estrangeiro", comentou ainda Cormann.

O processo de adesão à OCDE "ajudará a ancorar a agenda de reformas da Tailândia para o futuro", acrescentou o responsável, estimando que haverá melhorias na atratividade de investimento para impulsionar o crescimento e, assim, melhorar rendimentos e o nível de vida.

O crescimento da Tailândia abrandou para 1,9% em 2023, após o registo de 2,5% no ano anterior, face ao impacto da fraca evolução das exportações. A Agência Nacional de Estatística prevê um crescimento entre 2,2% e 3,2% em 2024, em linha com a melhoria esperada da economia mundial e a retoma do turismo.

O processo de adesão à OCDE implicará mais de vinte análises por parte de comités técnicos sobre questões como a governação, a luta contra a corrupção e a abertura ao investimento. No final do processo serão feitas recomendações sobre as áreas em que é necessário realizar reformas, segundo a organização internacional.

A decisão de iniciar conversações sobre a adesão segue-se a um pedido oficial da Tailândia em fevereiro. Vários países estão atualmente em processo de candidatura à adesão, incluindo o Brasil, a Bulgária, a Argentina, a Croácia, o Peru e a Roménia.

As discussões prolongam-se geralmente por vários anos.

Leia Também: Taxa de desemprego da OCDE mantém-se estável nos 4,9% em abril

Recomendados para si

;
Campo obrigatório