Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 27º

Pilotos emitem 'Mayday' após voo ser atingido por granizo. Houve danos

Tudo aconteceu no voo OS434, de Palma de Maiorca, em Espanha, para Viena, na Áustria, no domingo, 9 de junho.

Pilotos emitem 'Mayday' após voo ser atingido por granizo. Houve danos
Notícias ao Minuto

14:12 - 10/06/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Viena

Um Airbus A320 da Austrian Airlines, que tinha partido de Palma de Maiorca, Espanha, pousou em Viena, na Áustria, com o nariz desintegrado devido ao granizo que se fez sentir nas últimas etapas da viagem.

A violência do granizo foi tanta que danificou gravemente também a camada externa do para-brisas, "cegando" os pilotos e dificultando ainda mais a descida, noticia o Corriere della Sera. O avião pousou no aeroporto austríaco, sem relatos de feridos.

Tudo aconteceu no voo OS434, de Palma de Maiorca, em Espanha, para Viena, na Áustria, no domingo, 9 de junho. O Airbus A320 descolou do aeroporto da ilha às 15h56 (horário local), mas, ao sobrevoar Itália, encontrou turbulência e foi atingido por uma grande tempestade de granizo a cerca de 150 quilómetros a sudoeste de Viena. O comandante e o piloto declararam estado de emergência e solicitaram aterragem prioritária (o sinal 'Mayday').

O granizo, que não tinha sido previsto ou mesmo antecipado nos monitores de bordo, causou diversos danos: destruiu a camada externa das janelas da cabine (não houve perda de pressurização do avião), destruiu o nariz da fuselagem, onde está localizado o radar meteorológico, e também causou outros danos ao longo da fuselagem, embora não tenha desativado os controlos principais ou motores.

Em particular, o para-brisas partido no exterior "cegou" efetivamente os pilotos, que, no entanto, costumam aterrar no aeroporto austríaco utilizando o sistema de instrumentos "ILS", que lhes permite descer em condições de baixa visibilidade.

Após um breve passeio enquanto aguardava uma melhoria das condições climáticas e examinando cuidadosamente os controlos principais, o Airbus acabou por aterrar às 17h55 (horário local) na pista 11.

"Durante a aproximação a Viena, o avião acabou numa zona de tempestade que, segundo a tripulação de cabine, não era visível no radar meteorológico", explicou uma porta-voz da Austrian Airlines.

Segundo a companhia aérea, as primeiras informações dão conta que "o granizo danificou as duas janelas frontais da cabine do avião, o nariz do avião e alguns painéis". "Por causa dos danos, foi emitido o sinal de 'Mayday' ao aeroporto", concluiu.

Leia Também: Quatro feridos em queda de avião nos EUA. Aeronave pegou fogo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório