Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 27º

Casal de irmãos procurado por pornografia infantil detido em Espanha

Os irmãos - Francisco, de 28 anos, e Rebeca, de 33- "dedicaram-se durante mais de 7 anos a assediar e perseguir mulheres e crianças, causando terror e ansiedade nas vítimas".

Notícias ao Minuto

20:49 - 17/05/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

Um casal de irmãos, que era procurado pelas autoridades da Venezuela por crimes relacionados com pornografia infantil e assédio sexual, foram detidos em Espanha, na terça-feira, no âmbito de um mandado de captura internacional emitido pelas autoridades do seu país.

Segundo o El Mundo, os irmãos, identificados como Rebeca e Francisco García, terão "assediado sexualmente uma série de vítimas" e foram localizados por agentes da Polícia Nacional espanhola num hotel da localidade de Alcobendas, na comunidade de Madrid.

Os suspeitos foram intercetados após um cidadão anónimo ter alertado a polícia de que havia avistado os irmãos num supermercado no bairro de Hortaleza, em Madrid.

Os suspeitos foram levados para a esquadra para serem identificados e, apesar de se confirmar tratarem-se dos irmãos García, não puderam ser detidos no momento porque o Ministério Público venezuelano ainda não tinha emitido o correspondente mandado de captura.

Horas após a informação sobre localização dos irmãos García, o procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, garantiu nas redes sociais que o mandado de captura e o alerta vermelho da Interpol "foram devidamente recebidos" a 10 de maio de 2024.

Em causa, segundo o responsável, estão "crimes de promoção ou incitação ao ódio e pornografia infantil". "Estes sujeitos dedicaram-se durante mais de 7 anos a assediar e perseguir mulheres e crianças, causando terror e ansiedade nas vítimas", explicou, acrescentando que pediu às autoridades espanholas a sua extradição.

O Ministério Público venezuelano descreveu Receba, de 33 anos, como uma pessoa "depressiva, propensa à evasão e à prática de crimes sexuais contra menores".

"Dedicava-se a perseguir e assediar várias vítimas (homens e mulheres) utilizando plataformas de mensagens instantâneas, redes sociais e chamadas telefónicas, acedendo sem o consentimento das vítimas às suas residências e locais de trabalho, ameaçando-as de morte (...)", referem documentos judiciais, citados pelo El Mundo.

Já Francisco, de 28 anos, terá "divulgado fotografias de crianças e adolescentes com conotações sexuais explícitas" nas redes sociais, com a "cumplicidade" da irmã, com quem também assediava as suas vítimas.

Após serem presentes ao juiz de instrução criminal um dia após a sua detenção, os irmãos ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva enquanto aguardam o processo de extradição.

Pode ver, na galeria acima, o momento da detenção dos irmãos.

Leia Também: Milei denunciado por uso de fundos públicos na sua viagem a Espanha

Recomendados para si

;
Campo obrigatório