Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 23º

BEI e Kyiv assinam memorando que dá acesso a 560 milhões de euros

O Banco Europeu de Investimento (BEI) e a Ucrânia assinaram hoje um novo memorando de entendimento para acelerar a chegada de 560 milhões de euros para projetos de reconstrução do país invadido pela Rússia.

BEI e Kyiv assinam memorando que dá acesso a 560 milhões de euros
Notícias ao Minuto

10:40 - 19/04/24 por Lusa

Mundo Ucrânia

O memorando de entendimento estabelece prioridades e reforça a colaboração entre o BEI e Kiev para acelerar os investimentos no terreno, com 560 milhões de euros disponíveis para os projetos em curso este ano e que deverão ser rapidamente executados para que a Ucrânia tenha acesso a 500 milhões de euros em empréstimos do BEI e a 60 milhões de euros em subvenções da UE em 2024.

Para além do apoio a setores públicos como a habitação, os serviços municipais, a energia e as infraestruturas de transportes, os esforços centrar-se-ão também no reforço do apoio do BEI ao setor privado e na melhoria dos serviços de consultoria.

O acordo prevê ainda uma dotação de pelo menos dois mil milhões de euros do Mecanismo para a Ucrânia, que o BEI está disposto a investir em projetos críticos do setor público, como a renovação de habitações e edifícios públicos, infraestruturas municipais, energia, estradas, caminhos-de-ferro, cuidados de saúde e proteção civil.

Estes projetos incluem a modernização das principais rotas de exportação e linhas ferroviárias, o aumento da produção de energia hidroelétrica e renovável e o reforço da rede elétrica nacional e dos serviços de saúde da Ucrânia.

Esta cooperação entre o BEI e a Ucrânia, planeada para os próximos anos, será financiada através do Mecanismo Ucrânia da União Europeia (UE), no valor total de 50 mil milhões de euros, e dos 100 milhões de euros dedicados pelo BEI a serviços de consultoria.

O BEI, o braço financeiro da UE, está presente na Ucrânia desde 2007 e, desde a invasão da Rússia em 24 de fevereiro de 2022, aumentou o seu apoio ao país com o desembolso de dois mil milhões de euros para reparações de emergência às infraestruturas do país e tem assinada uma carteira de projetos no valor total de 7,3 mil milhões de euros.

Leia Também: Donald Trump insta Europa a aumentar o apoio a Kyiv

Recomendados para si

;
Campo obrigatório