Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Detidos dois membros de organização que roubava itens de luxo na Alemanha

Detidos são suspeitos de cinco assaltos com violência entre 2022 e 2023, arrecadando mais de 250 mil euros em joias e bens de marcas de luxo.

Notícias ao Minuto

14:28 - 12/04/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

A Polícia Nacional espanhola deteve dois membros de uma organização criminosa especializada no roubo de bens de luxo na Alemanha. Em comunicado, o Ministério do Interior espanhol revela que aos detidos são imputados cinco crimes de assalto com violência, entre 2022 e 2023, naquele país. Ao todo, terão arrecadado mais de 250 mil euros em joias e bens de marcas de luxo.

"A organização criminosa instalada em Espanha viajava a diferentes cidades na Alemanha para cometer os assaltos e depois distribuía os bens roubados através de empresas de transporte, enviando-os para moradas em Espanha e França", lê-se no comunicado da tutela espanhola.

Um dos suspeitos foi detido em Terrasa, Barcelona, a 23 de janeiro. O outro foi detido na Áustria, a 19 de fevereiro. Foram apreendidos vários bens. Pode ver imagens das detenções no vídeo que acompanha esta notícia.

De uma forma resumida, os dois homens viajavam juntos para a Alemanha, onde reservavam apartamentos de férias através de diferentes plataformas de viagens, bem como carros que utilizavam para cometer os assaltos. Chegavam a estar até duas semanas no local dos assaltos.

Durante o dia, visitavam as lojas de luxo do centro da cidade e observavam a forma como as encomendas eram entregues - e enviadas - pelas empresas de transportes, para assim identificar os objetos mais favoráveis e as rotinas dos entregadores. Focavam-se, especialmente, nos momentos em que os motoristas dos veículos de transportes deixavam os bens abandonados enquanto faziam as entregas.

Uma vez fixado o objetivo, cometiam o assalto. Primeiro, monitorizavam os movimentos do motorista e, depois, forçavam a porta da carrinha, subtraíam os bens e metiam-nos em sacos do lixo. Depois, abandonavam o local a pé até chegar a um veículo alugado para fugir.

Nos apartamentos alugados para o efeito, colocavam os bens em pacotes e enviavam-nos para diferentes moradas em Espanha e em França.

Um dos roubos que lhes são imputados remonta a 2022, quando, em Munique, foram roubadas 98 moedas de ouro avaliadas em 172.088 euros.

Leia Também: Polícia brasileira prendeu um dos líderes da organização criminosa PCC

Recomendados para si

;
Campo obrigatório