Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 24º

Polícia brasileira prendeu um dos líderes da organização criminosa PCC

A polícia brasileira prendeu um líder da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), acusado de atacar, em 2010, o então senador paraguaio Robert Acevedo e de fugir de uma prisão nesse país um ano depois.

Polícia brasileira prendeu um dos líderes da organização criminosa PCC
Notícias ao Minuto

20:06 - 03/04/24 por Lusa

Mundo PCC

Elton Ramos da Silva, vulgo "Índio", foi capturado na noite de terça-feira no município de Diadema, na região metropolitana da cidade de São Paulo (sudeste).

"O infrator é apontado como líder de uma fação criminosa que tem atuação em São Paulo e também um dos responsáveis por recrutar e indicar novos integrantes para o bando em Brasília", lê-se no comunicado divulgado pela Secretaria de Segurança de São Paulo.

O homem encontrava-se sob mandado de prisão preventiva expedido pelo Tribunal de Justiça de Brasília.

"O suspeito, de 40 anos, tem passagens pela polícia por crimes de organização criminosa e fraude processual e havia sido resgatado de uma penitenciária do Paraguai em 2011 por um grupo fortemente armado", detalharam as autoridades.

Um ano antes, segundo as autoridades, esteve envolvido na tentativa de homicídio do então senador paraguaio Robert Acevedo, conhecido pelas denúncias públicas contra o crime organizado.

O PCC nasceu na década de 1990 nas prisões de São Paulo e é hoje a mais poderosa fação criminosa da América do Sul, com atuação em praticamente todos os países da região, especialmente Brasil, Paraguai e Bolívia.

Está envolvida principalmente no tráfico de cocaína para a Europa, onde tem ligações com as máfias italiana, sérvia e albanesa.

Atualmente, a liderança do PCC, cuja maioria dos líderes está presa em prisões de segurança máxima, está a atravessar uma fratura sem precedentes e parte dela não reconhece o atual líder, Marcos Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola.

Leia Também: Homem dispara contra assassino do pai em pleno tribunal no Brasil

Recomendados para si

;
Campo obrigatório