Meteorologia

  • 13 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 25º

Sudão do Sul prepara-se para onda de calor extremo e encerra escolas

O Governo do Sudão do Sul vai encerrar todas as escolas a partir de segunda-feira, quando o país se prepara para uma onda de calor extremo que deverá durar duas semanas, noticiou hoje a imprensa internacional.

Sudão do Sul prepara-se para onda de calor extremo e encerra escolas
Notícias ao Minuto

10:52 - 17/03/24 por Lusa

Mundo Sudão do Sul

Os ministérios da Saúde e da Educação do país aconselharam os pais a manterem todas as crianças em casa, já que as temperaturas devem subir para 45 graus Celsius, segundo um comunicado divulgado na noite de sábado, citado pela agência de notícias Associated Press (AP).

Os ministérios alertaram que qualquer escola encontrada aberta durante esse período teria a sua licença cancelada, mas não especificaram por quanto tempo as escolas devem permanecer encerradas.

O Governo afirmou que continuará a "vigiar a situação e a informar o público em conformidade".

O Sudão do Sul, uma das nações mais jovens do mundo, é particularmente vulnerável às alterações climáticas, com ondas de calor comuns, mas raramente superiores a 40ºC.

Um conflito civil assolou esse país da África Oriental, que também tem sofrido com secas e inundações, dificultando as condições de vida dos residentes.

O Programa Alimentar Mundial (PAM), no seu último relatório sobre o país, afirmou que o Sudão do Sul "continua a enfrentar uma grave crise humanitária" devido à violência, à instabilidade económica, às alterações climáticas e ao fluxo de pessoas que fogem do conflito no vizinho Sudão.

O PAM afirmou também que 818.000 pessoas vulneráveis receberam alimentos e transferências monetárias em janeiro de 2024.

Leia Também: Sudão. Quase 230 mil crianças podem morrer de fome nos próximos meses

Recomendados para si

;
Campo obrigatório