Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 13º MÁX 21º

Putin não tem dúvidas com quem 'quer trabalhar' nos EUA. "Repito: Biden"

Vladimir Putin repetiu que preferia Joe Biden na presidência dos Estados Unidos - dias depois de já ter dito que este era um "um político da velha escola" e que este poderia ser mais previsível.

Putin não tem dúvidas com quem 'quer trabalhar' nos EUA. "Repito: Biden"
Notícias ao Minuto

17:27 - 23/02/24 por Notícias ao Minuto

Mundo Vladimir Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, clarificou, na quinta-feira, quem é o seu 'favorito' às eleições nos Estados Unidos - e o escolhido foi Joe Biden.

Numa entrevista dada à televisão estatal Rossiya 1, o líder russo reiterou a sua preferência pelo atual presidente dos EUA, de quem, nem 24 horas antes, tinha recebido um forte insulto. É que durante um evento de angariações de fundos em São Francisco, na quarta-feira, o presidente norte-americano chamou Putin de de um "filho de mãe maluco". "Esta é a última ameaça existencial. É o clima. Temos um filho da mãe maluco como o Putin e outros, e temos de estar sempre preocupados com um conflito nuclear", referiu Biden.

Já na semana passada, Putin tinha dito que preferia que Biden continuasse a ser presidente - ao invés de existir uma vitória de Donald Trump. "Biden é mais experiente, mais previsível. É um político da velha escola", justificou na altura.

Trump ou Biden? Putin responde: "Biden é mais experiente e previsível"

O presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, disse na quarta-feira que preferia ver o presidente dos EUA, Joe Biden, ganhar um segundo termo, considerando-o mais experiente do que Donald Trump.

Lusa | 06:29 - 15/02/2024

Segundo Putin, a reação de Biden aconteceu por ele próprio ter admitido que o 'preferia' - e o líder russo disse, não uma, mas duas vezes, que a resposta do seu homólogo norte-americano tinha sido "adequada".

"A julgar pelo que [Biden] acaba de dizer, tenho toda a razão, porque esta é uma reação adequada ao que disse", comentou.

Recorde-se que não só Putin já disse - e repetiu - que prefere Biden como presidente nos Estados Unidos, como o porta-voz do Kremlin já colocado Trump 'em cheque'. A situação aconteceu durante uma entrevista à NBC News em dezembro, quando o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, foi questionado sobre estas preferências.

Na altura, Peskov apontou que Vladimir Putin preferia um presidente “mais construtivo” em relação à Rússia e que percebesse a “importância do diálogo”. Sublinhando que Moscovo estaria, no entanto, disposto a trabalhar com  “qualquer um [presidente] que percebesse que daqui para a frente é preciso ter cuidado com a Rússia, assim como ter em conta as suas preocupações”, Peskov pareceu não concordar com um monólogo em particular de Donald Trump.

EUA? Putin quer líder "construtivo" (e Peskov coloca Trump 'em cheque')

O porta-voz do Kremlin deu uma entrevista à NBC News, na qual voltou a acusar os Estados Unidos de prolongarem a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 15:56 - 15/12/2023

Trump - que antecedeu a Biden e agora se candidata à presidência dos EUA - referiu mais do que uma vez que “conseguiria um acordo” para acabar com a guerra em 24 horas se fosse reeleito, ideia que voltou a reforçar há alguns meses - mas Peskov não concordou, referindo que resolver o conflito neste período era “demasiado complicado”.

Leia Também: Ameaça nuclear? Putin é "um filho da mãe maluco", atira Biden

Recomendados para si

;
Campo obrigatório