Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Israel. Hamas ainda tem 130 reféns em seu poder, 112 já foram libertados

Um total de 130 reféns raptados pelo movimento islamita palestiniano Hamas no ataque de 07 de outubro, incluindo quase 30 dados como mortos, permanecem retidos na Faixa de Gaza, onde dois israelo-argentinos foram resgatados pelo exército, hoje de manhã.

Israel. Hamas ainda tem 130 reféns em seu poder, 112 já foram libertados
Notícias ao Minuto

15:05 - 12/02/24 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

O exército de Israel anunciou hoje o resgate em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, de dois israelitas feitos reféns durante o ataque do Hamas em solo israelita em outubro. Os dois reféns, identificados como Fernando Simon Marman, de 60 anos, e o cunhado, Louis Har, de 70 anos, nascidos na Argentina, estão bem de saúde e foram transferidos para centros de saúde para exames médicos, disseram as Forças de Defesa de Israel.

Segundo uma base de dados compilada pela agência de notícias France-Presse (AFP), o Hamas fez 253 reféns no ataque sem precedentes em território israelita e a maioria dos que continuam retidos no enclave palestiniano são homens, mas há ainda soldados e mulheres cativos.

Eis o ponto de situação dos reféns, mais de quatro meses após o início do conflito entre Israel e o Hamas:

Quantos reféns permanecem na Faixa de Gaza?

Segundo os últimos dados das autoridades israelitas, 130 continuam em poder do movimento islamita palestiniano e dos seus aliados.

Ao dia de hoje, 101 reféns presumivelmente vivos e 29 corpos continuam retidos em Gaza, incluindo 18 dos mortos no ataque de 07 de outubro, cujos corpos foram levados para o território palestiniano.

Dos 101 reféns presumivelmente vivos, 91 são israelitas ou pessoas com dupla nacionalidade israelita e 10 são estrangeiros (oito tailandeses, um nepalês e um franco-mexicano).

No entanto, não é certo que todos ainda estejam vivos. O jornal norte-americano New York Times, citando quatro funcionários israelitas, noticiou na semana passada que os serviços de informação do país estavam a tentar verificar informações não confirmadas sobre a morte de mais 20 reféns.

O Hamas anunciou em várias ocasiões a morte de reféns, não confirmada por Israel, incluindo o mais novo, o bebé Kfir, que faria 1 ano a 18 de janeiro, a sua mãe Shiri Bibas (32 anos) e o seu irmão mais velho, Ariel (4 anos).

Para além de Kfir e Ariel, não restam outros reféns menores. O acordo Israel-Hamas de novembro previa a sua libertação como uma prioridade.

Quantos reféns foram libertados até à data?

Foram libertados 112 reféns: 105 durante uma trégua de uma semana no final de novembro, cinco anteriormente e dois hoje.

Em pormenor, foram libertados 33 menores, 49 mulheres adultas e 30 homens adultos, na sua maioria trabalhadores agrícolas tailandeses.

 Quantos corpos foram repatriados? 

Israel conseguiu repatriar 11 corpos, enquanto 29 cadáveres permanecem por devolver. Destes, há cinco soldados e um polícia que morreram a 07 de outubro.

Quantos militares estão entre os reféns?

A AFP contabiliza 14 soldados, incluindo cinco mulheres.

Cinco mulheres, com idades entre os 18 e os 19 anos, são soldados e, por conseguinte, não estavam abrangidas pelo acordo de libertação de reféns. Há também nove soldados homens, com idades entre os 18 e os 22 anos. A maioria estava a cumprir o serviço militar e não era soldado de carreira.

Quantos homens estão em cativeiro?

São o maior grupo entre os reféns: incluindo os soldados (nove), são no total 85 homens adultos, presumivelmente vivos.

Entre eles contam-se muitos pais cujos filhos e mulheres foram libertados durante as tréguas.

Quantas mulheres e idosos continuam detidos?

Incluindo Shiri Bibas, cujo destino é incerto, 14 mulheres com idades compreendidas entre os 18 e os 39 anos, que se presume estarem vivas, continuam detidas em Gaza.

Há ainda cinco septuagenários e quatro octogenários entre os reféns.

Onde estava a maioria dos ainda reféns quando foram raptados?

Entre os reféns ainda detidos, pelo menos 32 foram raptados num festival de música, que contava com a presença de mais de 3.000 pessoas. Há também quatro corpos de pessoas que estavam no evento. Apenas cinco raptados foram libertados.

Dez 'kibutz' (espécie de aldeia comunitária israelita) ainda têm reféns presos em Gaza. O principal é Nir Oz, que ainda tem 27 reféns (38 foram libertados) e nove corpos por devolver. O de Be'eri ainda tem pelo menos cinco reféns e seis corpos, enquanto Kfar Aza tem cinco reféns.

Ainda há desaparecidos?

Para além dos reféns, um israelita continua desaparecido, segundo as autoridades. Trata-se de um refém ou de uma pessoa morta cujo corpo não foi identificado.

Há mais reféns, além dos do ataque de 07 de outubro?

A estes 130 reféns juntam-se quatro israelitas raptados antes: Avera Mengistu e Hisham Al-Sayed, dois presumíveis civis vivos que entraram voluntariamente no enclave palestiniano em 2014 e 2015, e os restos mortais de Oron Shaoul e Hadar Goldin, soldados mortos durante a guerra de 2014 em Gaza.

Como é que a AFP fez esta compilação de dados?

As autoridades israelitas não revelaram os nomes dos reféns ainda mantidos em cativeiro, mas a AFP conseguiu identificá-los, principalmente graças à sua rede de jornalistas, que estão em contacto regular com as famílias dos reféns, e à imprensa israelita.

Leia Também: Israel pede à ONU que coopere na retirada de civis de Rafah

Recomendados para si

;
Campo obrigatório