Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 16º

Israel. Blinken regressa ao Médio Oriente ainda esta semana

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, vai realizar mais uma visita a Israel e à Cisjordânia até ao final da semana, bem como ao Dubai, adiantou hoje fonte da diplomacia dos Estados Unidos.

Israel. Blinken regressa ao Médio Oriente ainda esta semana
Notícias ao Minuto

06:42 - 28/11/23 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

Esta será a terceira visita do chefe da diplomacia norte-americana ao Médio Oriente desde o início do conflito entre Israel e o movimento islamita palestiniano Hamas, em 07 de outubro.

"Durante as suas reuniões no Médio Oriente, [Blinken] irá enfatizar a necessidade de continuar a prestar assistência humanitária a Gaza, garantir a libertação de todos os reféns e melhorar a proteção dos civis em Gaza", referiu um responsável do Departamento de Estado norte-americano, que falou sob condição de anonimato.

Blinken também defenderá mais uma vez a criação de um Estado palestiniano independente como a única solução a longo prazo e discutirá os esforços para "conter o conflito", segundo a mesma fonte citada pela agência France-Presse (AFP).

O secretário de Estado norte-americano, que iniciou hoje uma viagem pela Europa, deve deslocar-se a Telavive para se encontrar com autoridades israelitas, incluindo o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, e depois a Ramallah para se encontrar com o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, de acordo com responsável.

Embora não tenha sido adiantada nenhuma data específica, a viagem de Blinken a Israel deverá ocorrer na quinta-feira, depois de ter participado na terça e quarta-feira numa reunião da NATO em Bruxelas e na quarta-feira numa reunião da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) em Skopje, capital da Macedónia.

Pouco depois do início da guerra entre Israel e o Hamas, Blinken fez uma maratona pela região, viajando várias vezes entre Israel e a Jordânia, em particular, e visitando vários outros países árabes.

Fez outra viagem no início do mês à região, indo pela primeira vez desde o início do conflito, a Ramallah.

Na sexta-feira, viajará para Dubai para continuar as discussões com o objetivo de evitar qualquer escalada do conflito, frisou ainda a fonte do Departamento de Estado.

Naquele emirado irão marcar presença vários governantes de todo o mundo, onde participam na cimeira da ONU sobre o clima (COP28), que decorre entre 30 de novembro e 12 de dezembro.

Israel declarou guerra ao Hamas em 07 de outubro, na sequência de um ataque do grupo islâmico, que incluiu o lançamento de mais de 4.000 foguetes e a infiltração de perto de 3.000 militantes, que mataram cerca de 1.200 pessoas e raptaram mais de 240 em comunidades israelitas próximas da Faixa de Gaza.

Desde então, as forças aéreas, navais e terrestres de Israel contra-atacaram no enclave palestino, onde mais de 15 mil pessoas já morreram, segundo as autoridades da Faixa de Gaza, controlada desde 2007 pelo Hamas, a maioria delas crianças e mulheres, e estima-se que mais de sete mil pessoas estejam desaparecidas sob os escombros.

Leia Também: MNE da NATO e Blinken em Bruxelas para reforçar apoio à Ucrânia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório