Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 24º

Finlândia fecha metade das fronteiras com Rússia

A Finlândia vai fechar metade dos seus pontos de passagem fronteiriça com a Rússia durante a noite de sexta-feira para sábado, depois de ter acusado Moscovo de permitir que migrantes indocumentados atravessem a fronteira, anunciou hoje o Governo.

Finlândia fecha metade das fronteiras com Rússia
Notícias ao Minuto

13:22 - 16/11/23 por Lusa

Mundo Migrações

"O Governo tomou a decisão de fechar os pontos de passagem de Vaalimaa, Nuijamaa, Imatra e Niirala", disse a ministra do Interior, Mari Rantanen, numa conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro finlandês, Petteri Orpo, a acusar a Rússia de "malícia".

Na quarta-feira, a presidência russa (Kremlin) "lamentou profundamente" os planos da Finlândia de fechar a sua fronteira com a Rússia, face ao elevado número de travessias ilegais de migrantes e num contexto de tensões crescentes.

As relações entre os dois vizinhos deterioraram-se consideravelmente desde fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu a Ucrânia, ataque que levou a Finlândia, preocupada com a sua própria segurança, a aderir à NATO, aliança que Moscovo considera uma ameaça.

"Lamentamos profundamente que as autoridades finlandesas tenham escolhido um caminho de distanciamento deliberado das boas relações que tínhamos", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov quando questionado sobre o facto de a Finlândia ter anunciado na terça-feira que estava a considerar restringir o tráfego fronteiriço ou mesmo fechar os seus pontos de passagem com a Rússia.

O primeiro-ministro finlandês acusou a Rússia de permitir deliberadamente que migrantes atravessassem a fronteira, apesar de não terem documentos válidos, sugerindo que se tratava de uma tentativa de desestabilizar o seu país.

A Finlândia partilha uma fronteira de 1.340 quilómetros com a Rússia.

Leia Também: Migrações. Governo da Albânia aprova acordo polémico com Itália

Recomendados para si

;
Campo obrigatório