Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 26º

Marrocos resgata no mar mais de 400 migrantes, a maioria senegaleses

Mais de 400 migrantes e refugiados foram resgatados no mar pelas autoridades marroquinas, em várias operações realizadas desde sexta-feira, anunciaram fontes militares de Rabat, que colocam o Senegal como origem da maioria dos navios.

Marrocos resgata no mar mais de 400 migrantes, a maioria senegaleses
Notícias ao Minuto

14:14 - 04/11/23 por Lusa

Mundo Marrocos

Segundo as mesmas fontes, citadas pela agência de notícias espanhola Europa Press, os migrantes supostamente queriam alcançar a costa das ilhas Canárias, em Espanha.

Inicialmente, as autoridades marroquinas comunicaram a localização de dois barcos com um total de 288 migrantes, na sua maioria de nacionalidade senegalesa. Os navios haviam deixado a costa senegalesa nos dias 19 e 25 de outubro e um bebé estava a bordo, de acordo com a agência oficial de notícias MAP.

Por outro lado, a Marinha Real realizou uma terceira intervenção na sexta-feira num barco com 103 pessoas, 94 delas senegalesas. Neste caso, os migrantes deixaram o Senegal no dia 29 de outubro e entre eles estavam pelo menos dois menores.

Já neste sábado, a Marinha localizou uma quarta embarcação com 42 migrantes de origem subsaariana. Neste caso, o barco não partiu do Senegal, mas sim da capital da Mauritânia, Nouakchott, no dia 22 de outubro.

Cerca de 200 pessoas perderam a vida este ano na rota migratória que liga a África Ocidental às ilhas Canárias, segundo uma estimativa da Organização Internacional para as Migrações (OIM). Desde 2014, esta rota já acumulou mais de 770 vítimas mortais.

Leia Também: Grupo marroquino pede proibição do casamento de menores e da poligamia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório