Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Trinta lusodescendentes nas listas concorrentes às eleições no Luxemburgo

Pelo menos 30 lusodescendentes são candidatos nas várias listas partidárias concorrentes às legislativas do próximo domingo no Luxemburgo, segundo a emissora luxemburguesa Rádio Latina.

Trinta lusodescendentes nas listas concorrentes às eleições no Luxemburgo
Notícias ao Minuto

15:55 - 06/10/23 por Lusa

Mundo Luxemburgo

Em jogo estão os 60 lugares da Câmara dos Deputados, depois de em 2018 ter vencido o governo de coligação entre o Partido Democrático, do atual primeiro-ministro Xavier Bettel, o Partido Socialista Operário Luxemburguês (LSAP, na sigla original) e os Verdes.

Num país onde o voto é obrigatório e a possibilidade de o eleitor poder votar antecipadamente está largamente disseminada, nas legislativas, a legislação eleitoral luxemburguesa apenas permite o voto aos cidadãos nacionais, embora admita a dupla cidadania.

Ainda segundo a Rádio Latina, em 01 de janeiro deste ano, estavam registados 18.055 luxemburgueses que também têm a nacionalidade portuguesa.

"Desses, naquela altura, 13.700 tinham 18 anos ou mais e eram portanto potenciais eleitores. No entanto, como frisa o instituto de estatísticas, o número poderá estar desatualizado, face a eventuais óbitos ocorridos desde 01 de janeiro e aos jovens que entretanto fizeram 18 anos. Mesmo assim, este parece ser o único dado indicativo do número de portugueses com direito de voto nas legislativas de outubro", detalha a Rádio Latina.

Além dos mais de 18 mil portugueses com dupla cidadania, acresce a este total muitos lusodescendentes e outros cidadãos lusófonos ou de origem lusófona, algo que está também refletido nas listas de candidatos.

O pró-europeu Xavier Bettel é um dos favoritos à vitória, de acordo com as projeções de intenção de voto, embora também no Luxemburgo, à semelhança de outros países europeus, se assista a uma fragmentação política e a um aumento do número de partidos.

Entre os candidatos mais conhecidos, seja pela experiência autárquica ou trabalho associativo no seio da comunidade portuguesa, estão Ricardo Marques do Partido Popular Social Cristão (CSV, na sigla original) - formação por que se candidata também a luso-cabo-verdiana Natalie Silva -, Elisabete Soares, do LSAP, Elisabeth da Silva, do Partido Democrático, e Fabrício Costa, dos Verdes.

As urnas estarão abertas entre as 08h00 e as 14h00 locais (menos uma hora em Lisboa).

Leia Também: Bozeník nos convocados da Eslováquia para defrontar Portugal

Recomendados para si

;
Campo obrigatório