Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 32º

Empresa russa ameaça cortar hoje fornecimento de gás à Ucrânia

A empresa russa Gazprom anunciou hoje que irá cortar o fornecimento de gás à Ucrânia, se este país não pagar a dívida de 1,45 mil milhões de euros até às 06:00, hora de Lisboa.

Empresa russa ameaça cortar hoje fornecimento de gás à Ucrânia
Notícias ao Minuto

06:35 - 16/06/14 por Lusa

Mundo Gazprom

A decisão é anunciada pela Gazprom, a maior exportadora de gás natural do mundo, depois de terem falhado as negociações tripartidas entre a Rússia, a Ucrânia e a União Europeia sobre o fornecimentos de gás russo e a gestão da dívida ucraniana.

"Não chegámos a acordo e as hipóteses de nos voltarmos a reunir são escassas. Já estamos a regressar [a Moscovo]. Se até às 10:00 [hora local, 06:00 em Lisboa] não recebermos qualquer pagamento, então, obviamente que não forneceremos gás", afirmou o porta-voz da Gazprom, Sergei Kuprianov, à agência France Press.

A Ucrânia recebe metade dos seus abastecimentos de gás da Rússia e transporta 15 por cento do gás consumido na Europa. Moscovo praticamente duplicou o preço que cobrava a Kiev na sequência da deposição do anterior Presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, apoiado pelo Kremlin.

A Ucrânia afirmou este sábado que estava preparada para pagar hoje 1,45 mil milhões de euros se a Rússia concordasse em cortar o preço de 485,50 dólares para 326 dólares por mil metros cúbicos de gás. Moscovo reclama, no entanto, um preço de 385 dólares.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório