Meteorologia

  • 31 MARçO 2023
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 21º

AO MINUTO: Chefe da OMS "a caminho" da Síria; Guterres pede medidas

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre os sismos que abalaram a Turquia e a Síria.

AO MINUTO: Chefe da OMS "a caminho" da Síria; Guterres pede medidas
Notícias ao Minuto

08:12 - 09/02/23 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Turquia

Dias após os sismos que abalaram a Turquia e a Síria as buscas e tentativas de resgate continuam - uns com sucesso, outros nem por isso. O número de vítimas tem vindo a crescer tendo ultrapassado neste momento a casa dos 16 mil mortos nos dois países. Foram também registados mais de 58 mil feridos, muitos com fraturas e outras lesões graves.

Partiu, na quarta-feira, para a Turquia uma equipa de 52 elementos portugueses que irão ajudar nas operações de resgate. "Acredito que a situação será muito difícil. Todos vimos as imagens na televisão. O que o meu colega me transmitiu foi que a realidade é pior. Vão ter circunstâncias de trabalho muito difíceis. Sei que serão um orgulho para Portugal", apontou o ministro dos Negócios Estrangeiros português à despedida.

O sismo de magnitude 7,8 na escala de Richter atingiu o sudeste da Turquia e o norte da vizinha Síria. Foi seguido de várias réplicas, umas das quais de magnitude 7,5. 

Fim de cobertura

Daniela Filipe | há 1 mês

Boa noite. Damos como terminado este acompanhamento AO MINUTO sobre o terramoto que abalou a Turquia e a Síria. Estaremos de volta na manhã de sexta-feira, num novo registo. Obrigada, desde já, por ter estado desse lado.

EUA vão fornecer ajuda à Turquia e Síria no valor de 79 milhões de euros

Lusa | há 1 mês

Os Estados Unidos vão fornecer ajuda no valor de 85 milhões de dólares (cerca de 79 milhões de euros) à Turquia e Síria, após o devastador terramoto, divulgou esta quinta-feira a Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Em comunicado, a USAID destacou que o financiamento será disponibilizado a parceiros no terreno "para fornecer assistência urgentemente necessária a milhões de pessoas", incluindo alimentos e assistência médica, noticiou a agência France-Presse (AFP).

'Poeira' do sismo revela rasto de crianças órfãs na Síria

Daniela Filipe | há 1 mês

A bebé nascida nos escombros de um prédio na cidade de Jinderis, localizada no distrito de Idlib, na Síria, tem, finalmente, um nome. Aya, árabe para “sinal de Deus”, ficará ao cuidado de um tio-avô, depois de ter perdido os pais e os irmãos no sismo que assolou tanto o seu país, como a Turquia, no início da semana.

Aya é apenas uma das crianças órfãs que, com o assentar da ‘poeira’ do desastre natural, se veem sem os entes queridos, obrigando familiares a dar-lhes as boas-vindas nas suas casas, também elas desfeitas. Face ao número de vítimas mortais e de sobreviventes que, até hoje, são encontrados, os profissionais de saúde dizem ser impossível prever o número de crianças órfãs, segundo a Associated Press.

Leia a história completa aqui.

Criança de 7 anos resgatada 81 horas após sismo na Turquia. As imagens

Daniela Filipe | há 1 mês

Uma criança de sete anos, identificada como Mehmet, foi encontrada com vida, esta quinta-feira, 81 horas após os sismos que assolaram a Turquia e a Síria, no início da semana.

Entre aplausos, a criança foi resgatada dos escombros de Diyarbakir, na Turquia, tal como poderá ver nesta ligação.

"Estão lá a minha mãe e irmão, mas eles estão mortos"

Daniela Carrilho | há 1 mês

Mais um resgate de sucesso, mas com um sabor agridoce. Uma menina, cuja idade não foi revelada, foi resgatada com vida dos escombros de um prédio na Turquia, depois do sismo que abalou o país na madrugada de segunda-feira.

À saída, aparentemente calma, os membros da equipa de resgate questionaram a criança se havia mais alguém soterrado no mesmo local que ela.

A resposta é devastadora. "Estão lá a minha mãe e o meu irmão, mas eles estão mortos", disse.

Leia a peça na íntegra aqui.

Número de vítimas mortais ultrapassa os 21 mil

Daniela Filipe | há 1 mês

O mais recente balanço das autoridades dá conta de mais de 21 mil mortos na Turquia e na Síria, após o desastre natural que assolou ambos os países, no início da semana.

Cerca de 17.674 pessoas morreram na Turquia e 3.377 na Síria, elevando o total de vítimas mortais para 21.051, segundo a AFP.

Chefe da OMS "a caminho" da Síria para "apoiar cuidados de saúde"

Lusa | há 1 mês

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou hoje, no Twitter, estar "a caminho" da Síria, atingida na segunda-feira, tal como a vizinha Turquia, por um sismo que já causou mais de 20 mil mortos.

"Estou a caminho da Síria, onde a OMS está a apoiar cuidados de saúde essenciais em áreas afetadas pelo recente terremoto, com base no nosso trabalho de longa data no país", escreveu Tedros Adhanom Ghebreyesus na sua conta do Twitter.

Cão encontrado vivo na Turquia. Estava soterrado até ao pescoço

Daniela Carrilho | há 1 mês

Um cão, de nome Pamuk, foi encontrado com vida nos destroços de um prédio na cidade de Iskenderun, na Turquia, depois do sismo que abalou o país, na madrugada de segunda-feira.

O animal tinha o corpo todo soterrado. As equipas de resgate deram água ao patudo, enquanto retiravam os pedaços de cimento.

Mais de 20.500 mortos até ao momento

Daniela Filipe | há 1 mês

O número de mortos após os sismos que se abateram sobre a Turquia e a Síria voltou a aumentar.

Pelo menos 20.511 pessoas terão morrido, segundo o mais recente balanço das autoridades, citado pela Sky News. O mesmo meio adianta que foram registadas 2.030 vítimas mortais em partes controladas pelos rebeldes, na Síria, e outras 1.347 nas áreas controladas pelo governo.

Na Turquia, 17.134 pessoas morreram.

Resgatada após 72h, criança rejeita água por ainda não ter sido examinada

Daniela Filipe | há 1 mês

Hazal Guner, de cinco anos, juntou-se àqueles que escaparam com vida dos sismos que assolaram a Turquia e a Síria, na segunda-feira. Ao ser resgatada depois de 72 horas soterrada nos escombros de um edifício em Hatay, a menina protagonizou um momento ternurento, recusando água porque, segundo a mesma, ainda não tinha sido “examinada” pelos socorristas.

Imagens divulgadas na rede social Twitter pela Fundação de Ajuda Humanitária da Turquia (IHH), às quais poderá aceder na galeria acima, mostram o momento do resgate de Hazal que, ao ser questionada se queria água, replicou que ainda “não podia”.

Leia aqui o artigo na íntegra.

Hatayspor desiste do campeonato turco após sismo

Notícias ao Minuto | há 1 mês

Mehmet Büyükekşi, presidente da Federação turca, confirmou, esta quinta-feira, que o Hatayspor desistiu de competir mais na presente temporada, estando agora fora do campeonato do máximo escalão do futebol turco. A equipa do português Rúben Ribeiro diz não ter condições para continuar em prova devido ao sismo que abalou a região na segunda-feira. 

"O Hatayspor Club enviou uma carta hoje e informou-nos que não jogará os jogos desta temporada. Se o Gaziantep FK também quiser retirar-se da Liga, iremos continuar com 17 equipas, desde que os direitos desses dois os clubes fiquem intactos", atirou Mehmet Büyükekşi, citado pelo Fanatik.
  
  

Número de mortos ultrapassa os 20 mil

Daniela Filipe | há 1 mês

Mais de 20 mil pessoas morreram na sequência do sismo que assolou a Turquia e a Síria na segunda-feira, segundo o balanço mais recente, divulgado pelas autoridades.

A Sky News detalha que 17.134 pessoas perderam a vida na Turquia, ao passo que, nas áreas controladas pelo governo da Síria, 1.347 pessoas foram dadas como mortas. Além disso, cerca de 1.900 pessoas morreram nas áreas controladas pelos rebeldes, totalizando 3.317 vítimas mortais naquele país.

O número de mortos no geral subiu, assim, para os 20.451.

Mais de 20 mil mortos nos territórios turco e sírio após sismo

Mais de 20 mil pessoas morreram em consequência do violento sismo que abalou na segunda-feira o sul da Turquia e a Síria, segundo balanços oficiais hoje à noite divulgados.

Lusa | 18:47 - 09/02/2023

Novo milagre na Turquia. Menino de 2 anos retirado dos escombros após 79h

Daniela Carrilho | há 1 mês

Um menino, de apenas dois anos, resistiu quase 80 horas debaixo dos escombros de um prédio que desabou na cidade de Antakya, na Turquia. Foi resgatado, esta quinta-feira, pelas equipas de socorro no local.

As imagens, registadas pela Fundação de Ajuda Humanitária da Turquia (IHH), revelam uma equipa de resgate a retirar o bebé, que estava a chorar, por uma abertura estreita entre os destroços.

Veja aqui o vídeo.

Menina de sete anos resgatada com vida na Turquia 61 horas após o sismo

Daniela Carrilho | há 1 mês

Da Turquia chega-nos mais uma história de sucesso de um resgate de uma menina que ficou debaixo dos escombros, após o sismo ocorrido na Turquia e na Síria.

Heyyan Hammadi, de 7 anos, é um dos rostos de alívio de quem foi salvo pelas equipas de resgate, que trabalham dia e noite na tentativa de encontrar mais sobreviventes da tragédia.

Leia o artigo completo aqui.

Guterres pede medidas para facilitar acesso a vítimas na Turquia e Síria

Lusa | há 1 mês

O secretário-geral da ONU, António Guterres, anunciou hoje que o coordenador humanitário da organização estará este fim de semana na Turquia e Síria e pediu ao Conselho de Segurança medidas que facilitem ajuda às vitimas dos sismos em território sírio.

Com foco nos devastadores sismos que abalaram a Turquia e a Síria esta semana, Guterres falou hoje à imprensa em Nova Iorque, tendo insistido que se deve evitar "politizar" a crise, numa altura em que é necessário "apoio maciço" à população da zona, salientando que mais travessias autorizadas aumentariam o apoio aos residentes da província de Idlib e outras áreas sob controlo rebelde na Síria.

Pássaros pressentiram o sismo na Turquia? Cientistas dizem que é possível

Notícias ao Minuto | há 1 mês

Os animais são capazes de sentir sismos antes de realmente acontecerem? É uma questão que agora se impõe, depois de um vídeo, que está a circular nas redes sociais, mostrar um bando de pássaros a voar erraticamente, momentos antes do terramoto que assolou a Turquia e a Síria, ocorrido na madrugada de segunda-feira.

A ciência tem uma explicação para o 'fenómeno' e, sim, é possível que os animais consigam detetar pequenos tremores de terra, pouco antes dos grandes abalos ocorrerem.

Jovem preso nos escombros pede que salvem o gato de estimação

Daniela Carrilho | há 1 mês

Novos salvamentos foram registados, nas últimas horas, após o sismo de magnitude 7,8 que assolou a Turquia e a Síria, que já provocou mais de 19.300 mortos.

Neste caso, um estudante universitário, identificado como Kerem Cetin, foi encontrado com vida, esta quarta-feira, sob os escombros, em Hatay, na Turquia. Com ele, estava o seu gato de estimação, Strawberry.

Leia a história completa aqui.

Quase 650 réplicas sentidas na Turquia

Daniela Filipe | há 1 mês

Quase 650 réplicas atingiram a Turquia desde os dois sismo de segunda-feira, segundo as autoridades do país.

Citada pela Sky News, a entidade terá registado cerca de 647 réplicas.

Número de mortos sobe para mais de 19 mil

Daniela Filipe | há 1 mês

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, confirmou, esta quinta-feira, que o número de mortos após o sismo que assolou o país e a Síria, na segunda-feira, ultrapassou os 19 mil.

A Sky News detalha que o número total de mortes na Turquia é de 16.546, enquanto nas áreas controladas pelo governo da Síria foram registadas 1.347 pessoas mortas. Por seu turno, outras 1.900 pessoas morreram em áreas do norte controladas por forças rebeldes.

Assim, no total, estima-se que 19.823 pessoas morreram como consequência do desastre natural.

OIM envia ajuda humanitária para o noroeste da Síria após sismos

Lusa | há 1 mês

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) anunciou ter enviado esta quinta-feira de manhã para o noroeste da Síria, zona fortemente afetada pelo sismo de segunda-feira que também atingiu a Turquia, seis camiões com ajuda humanitária.

Num comunicado, a OIM, agência do sistema das Nações Unidas liderada pelo português António Vitorino, salienta tratar-se da primeira remessa do Programa Transfronteiriço da organização feita após o terramoto a partir da localidade de Gaziantep, no sul da Turquia.

Esta primeira remessa envolve bens de primeira necessidade para apoiar até 5 mil pessoas.

OIM envia ajuda humanitária para o noroeste da Síria após sismos

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) anunciou ter enviado esta quinta-feira de manhã para o noroeste da Síria, zona fortemente afetada pelo sismo de segunda-feira que também atingiu a Turquia, seis camiões com ajuda humanitária.

Lusa | 14:40 - 09/02/2023

Prejuízos económicos podem chegar 3,7 mil milhões na Turquia e Síria

Lusa | há 1 mês

As perdas económicas devido aos terramotos na Turquia e na Síria poderão chegar a quatro mil milhões de dólares (3,72 mil milhões de euros) ou um valor superior, segundo as informações divulgadas hoje pela consultora Fitch. De acordo com a consultora, estas perdas económicas provavelmente "ultrapassarão os dois mil milhões de dólares (1,86 mil milhões de euros)" e "poderão chegar a quatro mil milhões de dólares (3,72 mil milhões de euros) ou mais".

No entanto, os valores segurados são "muito inferiores, talvez em torno de mil milhões de dólares (928 milhões de euros)", afirmou a consultora, "devido à baixa cobertura de seguros nas regiões afetadas".

Sismo na Turquia e Síria entre os mais devastadores do século XXI

Sara Gouveia | há 1 mês

Com mais de 17 mil pessoas mortas e mais vítimas à espera para serem confirmadas, o sismo de segunda-feira tornou-se um dos desastres naturais mais devastadores do século XXI. Abaixo pode consultar uma lista de alguns dos outros grandes terramotos desde a viragem do milénio. 

Oceano Índico, 2004

Um terramoto de magnitude 9,15 perto da ilha de Sumatra provocou um tsunami na Indonésia, Tailândia, Índia, Sri Lanka e outros países, matando pelo menos 230 mil pessoas.

Japão, 2011

O Japão foi abalado por um terramoto de magnitude 9,1, a 11 de março de 2011. Menos de uma hora depois, uma onda gigantesca com mais de 20 metros atingiu a costa da região de Tohoku (nordeste), varrendo tudo por onde passou. A catástrofe fez 18.500 vítimas mortais.

China, 2008

Estima-se que 87.600 pessoas morreram quando um sismo de magnitude 7,8 atingiu a província chinesa de Sichuan.

Paquistão, 2005

Um terramoto de magnitude 7,6 atingiu Islamabad, matando pelo menos 73 mil pessoas, assim como a Caxemira indiana, onde morreram 1.244.

Haiti, 2010

A capital do Haiti, Porto Príncipe, foi devastada por um terramoto de magnitude 7,0, que matou aproximadamente 316 mil pessoas e destruiu 80 mil edifícios.

Irão, 2003

Um terramoto de magnitude 6,6 atingiu a província de Kerman, no sudeste do Irão, e a cidade de Bam. Aproximadamente 31 mil vidas foram perdidas.

França fornece ajuda de 12 milhões de euros à Síria após sismos

Lusa | há 1 mês

A França anunciou esta quinta-feira que vai fornecer ajuda de emergência à população síria no valor de 12 milhões de euros, para acudir às consequências do sismo da passada segunda-feira.

A ajuda será distribuída "em conexão com organizações não governamentais e com as Nações Unidas, em todas as regiões afetadas pelos terramotos", disse François Delmas, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da França, clarificando este gesto em nada altera a "abordagem política" da França em relação ao regime do Presidente sírio, Bashar al-Assad.

Saiba mais aqui.

Conselho Europeu faz minuto de silêncio em homenagem à Turquia e Síria

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O Conselho Europeu fez, esta quinta-feira, um minuto de silêncio em homenagem ao povo da Turquia e da Síria. 

“Um minuto de silêncio pelo povo da Turquia e da Síria. Os nossos pensamentos continuam a estar com as famílias que perderam entes queridos e aqueles que ainda aguardam notícias. A UE está em plena solidariedade”, destacou o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, na rede social Twitter.

UE expressa "solidariedade" ao povo turco e promete aumento da ajuda

Lusa | há 1 mês

Os Estados membros da União Europeia (UE) expressaram esta quinta-feira solidariedade ao povo turco após o devastador terremoto que atingiu o país, bem como a Síria, e ofereceram-se para aumentar a ajuda "em estreita coordenação" com Ancara.

A UE e os seus membros estão totalmente solidários com os povos turco e sírio face a esta tragédia. [...] Estamos dispostos a intensificar o nosso apoio em estreita coordenação com as autoridades turcas", lê-se numa carta enviada pelos 27 ao Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.O conteúdo da missiva foi anunciado após o início da reunião do Conselho Europeu, em Bruxelas, em que os líderes europeus observaram um minuto de silêncio em memória das vítimas dos violentos e mortíferos sismos registados segunda-feira e que afetaram o sul da Turquia e o norte e noroeste da Síria.

Zaniolo escolhe o 17 do Galatasaray em homenagem a adepto morto no sismo

Notícias ao Minuto | há 1 mês

Nicolò Zaniolo foi, esta quinta-feira, formalmente apresentado como reforço do Galatasaray, depois de ter sido adquirido à AS Roma, equipa orientada pelo treinador português José Mourinho.

O internacional italiano irá usar o número 17, em homenagem a Muhammed Emin Ozkan, adepto de apenas 17 anos que morreu, vítima do sismo que abalou a Turquia, na segunda-feira.

Zaniolo escolhe o 17 do Galatasaray em homenagem a adepto morto no sismo

Ex-AS Roma recordou o jovem Muhammed Emin Ozkan, no momento em que foi apresentado no novo clube.

Notícias ao Minuto | 12:55 - 09/02/2023

Três dias após o sismo, Christian Atsu continua desaparecido

Notícias ao Minuto | há 1 mês

Três dias após o violento sismo que abalou a Turquia, provocando mais de 17.500 mortos, de acordo com as mais recentes estimativas por parte das autoridades oficiais, Christian Atsu, antigo jogador do FC Porto, continua desaparecido.

Nana Sechere, agente do internacional ganês, que cumpre a primeira temporada ao serviço do Hatayspor, recorreu, ao início da manhã desta quinta-feira, às redes sociais para fazer saber que, pese embora todos os esforços que tem levado a cabo, continua sem conseguir entrar em contacto com este.

Número de mortos ultrapassa os 17.500

Lusa | há 1 mês

O número de mortos provocados pelo sismo que abalou a Turquia e a Síria na segunda-feira ultrapassou os 17.500, segundo um novo balanço provisório divulgado hoje pelas autoridades dos dois países.

Na Turquia, o balanço é de pelo menos 14.351 mortos, segundo avançou o vice-presidente turco, Fuat Otkay. Já na Síria, os novos dados provisórios confirmam a morte de pelo menos 3.162 pessoas.

Desporto turco também está de luto. As vidas que o sismo já levou

Notícias ao Minuto | há 1 mês

O violento sismo que abalou a Turquia, na passada segunda-feira, já terá provocado mais de 16 mil mortos, segundo as mais recentes estimativas das autoridades oficiais, estando muito delas diretamente ligadas ao mundo do futebol. Os casos mais mediáticos, até ao momento, são o de Ahmet Eyup Turkarslan, guarda-redes do Yeni Malatyaspor, bem como o de Christian Atsu, antigo jogador do FC Porto que representa, atualmente, o Hatayspor, e que continua desaparecido - apesar dos relatos iniciais de que tinha sido encontrado.

A Federação Turca de Wrestling já comunicou que Ahmet Tas, Mehmet Eskisarili, Ali Gursoy e Aslan Ekiz, que residiam em Kahramanmara - o epicentro da catástrofe natural - também não resistiram aos ferimentos provocados pelo episódio.

Desporto turco também está de luto. As vidas que o sismo já levou

Todas as competições do país foram suspensas devido à catástrofe natural.

Notícias ao Minuto | 10:12 - 09/02/2023

Sismo? Frase de Moedas "desprovida de verdade". Lisboa é "uma ilha"

Notícias ao Minuto | há 1 mês

O presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, disse, na quarta-feira, que a capital portuguesa está "extremamente preparada" para a possibilidade de um sismo como aquele que aconteceu na segunda-feira na Turquia e na Síria, inclusive com um sistema de alerta de tsunami. A resposta de João Paulo Saraiva, presidente da Associação de Proteção Civil (APROSOC), chegou hoje, em comunicado, onde considera que a afirmação do autarca é "desprovida de qualquer verdade" e "contraria aquilo que a comunidade científica vem alertando há vários anos".  

"Ontem mesmo a Câmara Municipal de Lisboa levou a efeito no seu edifício n.º 25 ao Campo Grande, a sessão do ciclo de capacitação do programa RESIST de 2022 - que havia sido adiada em dezembro devido às cheias - e, uma vez mais técnicos, cientistas e população identificaram precisamente o oposto daquilo que o sr. presidente da autarquia agora afirma", adianta ainda João Paulo Saraiva na nota a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

O responsável considera que, "de facto, é notório um esforço de preparação por parte da autarquia de Lisboa", mas "daí a poder dizer-se que face ao estado da arte e ao nível das cidades mais desenvolvidas da Europa" e que "'a cidade está extremamente preparada para' é, no mínimo, muito rebuscado".

Leia mais aqui.

Número de mortos já ultrapassou os 17 mil

Sara Gouveia | há 1 mês

Mais de 17 mil pessoas morreram na Turquia e na Síria, após a última atualização do presidente turco Recep Tayyip Erdogan. O presidente revelou, em declarações à Sky News, que 14.014 pessoas perderam a vida no país e pelo menos 63 mil ficaram feridas.

As áreas controladas pelo governo da Síria relataram 1.262 pessoas mortas, enquanto 1.900 pessoas morreram em áreas do norte controladas pelos rebeldes. 

No total, 17.176 óbitos foram confirmados.

Erdogan disse que pelo menos 6.400 edifícios foram destruídos na Turquia. O governo pretende construir novos prédios de três e quatro andares em áreas de desastre dentro de um ano, acrescentou.

Mulher turca retirada com vida depois de 77 horas presa nos escombros

Sara Gouveia | há 1 mês

Equipas de resgate retiraram uma mulher ferida de 60 anos, Meral Nakir, dos escombros de um prédio de apartamentos na cidade de Malatya, na Turquia, 77 horas após o primeiro terramoto, informou a emissora estatal turca TRT. Também Leyla Akcam de 22 anos foi resgatada com vida dos escombros, após 70 horas, em Onikisubat, na província de  Karamamaras.

Por seu lado, uma mãe de 33 anos, Serap Topal, e o filho de 5 anos, Mehmet Hamza Topal, foram resgatados por equipas de resgate alemãs e britânicas após 68 horas

As esperanças de encontrar muito mais sobreviventes com as temperaturas de inverno a cair para -5°C estão a diminuir, particularmente no noroeste da Síria, onde os esforços de resgate estão a ser dificultados pela devastação causada por 11 anos de guerra civil.

“É esperado que o número de mortos e feridos aumente muito, com muitas famílias ainda sob prédios desabados”, disse Raed Saleh, chefe do serviço de resgate no noroeste, à Reuters na manhã desta quinta-feira. “Ainda não chegou nenhuma ajuda e estamos à espera a ver se é hoje que chega", referiu ainda. 

Presidente turco vai visitar áreas afetadas

Sara Gouveia | há 1 mês

O presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, deve visitar mais três áreas no sul da Turquia duramente atingidas pelo terramoto de segunda-feira, informou a emissora estatal TRT Haber. Erdoğan deverá visitar as cidades de Gaziantep, Osmaniye e Kilis, perto da fronteira com a Síria , disse a emissora.

Ajuda humanitária entra nos territórios sírios afetados por sismo

Lusa | há 1 mês

Uma coluna humanitária da ONU dirige-se esta quinta-feira para a fronteira de Bab al Hawa, que une a província síria de Idlib à Turquia, região afetada pelos sismos de segunda-feira, para entregar o primeiro carregamento destinado às áreas controladas pela oposição. O noroeste da Síria, seriamente afetado pelos tremores de terra registados na segunda-feira, com epicentro na Turquia, é controlado pela oposição e pelos extremistas islâmicos em guerra com o regime de Damasco desde 2011.   

Segundo uma fonte fronteiriça, que pediu anonimato, prevê-se que a coluna das Nações Unidas, formada por seis veículos, entre no último reduto da oposição síria por volta das 12:00 (09:00 em Lisboa) para distribuir uma parte da ajuda que já estava destinada aos territórios sírios antes do terramoto. 

Saiba mais aqui.

Cerca de 700 prédios desabaram na Síria devido aos sismos

Lusa | há 1 mês

Cerca de 700 edifícios desabaram por completo na Síria devido aos terramotos que atingiram os territórios sírio e turco na segunda-feira, de acordo com várias fontes oficiais. Nas áreas controladas pela oposição em Idlib e Aleppo, as províncias mais afetadas no noroeste do país, pelo menos 418 prédios desabaram por causa dos abalos que ocorreram na segunda-feira e as suas posteriores réplicas, anunciou hoje a proteção civil síria, conhecida como capacetes brancos, na rede social Twitter.

Segundo dados desta organização, outras 1.300 edificações sofreram danos classificados como graves e "milhares" apresentam algum tipo de dano nesta região. Em Idlib, o último reduto da oposição no país, e nas áreas de Aleppo controladas por uma variedade de grupos rebeldes, existem cerca de três milhões de deslocados internos, quase três quartos da população total, e 1,8 milhão deles vivem em acampamentos informais.

A informação inicial sugere que a maior parte dos desabamentos ocorreu nos centros urbanos, onde alguns edifícios já se encontravam debilitados devido aos efeitos da guerra que o país vive desde 2011 e à falta de recursos para reparações e trabalhos de manutenção.

Cerca de 700 prédios desabaram na Síria devido aos sismos

Cerca de 700 edifícios desabaram por completo na Síria devido aos terramotos que atingiram os territórios sírio e turco na segunda-feira, de acordo com várias fontes oficiais.

Lusa | 09:10 - 09/02/2023

Bebés resgatados sozinhos foram levados para Ancara no avião presidencial

Sara Gouveia | há 1 mês

Os bebés que foram encontrados sozinhos na cidade de Karamamaras foram levados pelo governo para a capital da Turquia, Ancara. Em imagens partilhadas através do Twitter, é possível ver 16 das crianças no avião do presidente Recep Tayyip Erdogan. A ministra da Família turca, Derya Yanik, referiu, a acompanhar a publicação das imagens, que estão "muito bem" de saúde.

Estas publicações surgem após alguns sobreviventes terem criticado a resposta do governo, considerando-a lenta e inadequada.

O presidente Erdogan admitiu que houve "falhas" na resposta do seu país, mas culpou as condições de inverno e os danos ao aeroporto de Hatay. 

Equipa de 52 portugueses (e seis cães) já seguiram para a Turquia

Notícias ao Minuto | há 1 mês

Partiu, na quarta-feira, para a Turquia uma equipa de 52 elementos portugueses que irão ajudar nas operações de resgate após o violento sismo de 7,8 de magnitude na escala de Richter que abalou o país, na segunda-feira. A ida da missão foi marcada na rede social Twitter pela República Portuguesa, que deixou uma mensagem e um vídeo da preparação para a ida.

"Partiu hoje [ontem] para a Turquia uma equipa de 52 pessoas para ajudar nas operações de resgate. A missão enquadra-se no Mecanismo Europeu de Proteção Civil", pode ler-se no post colocado ontem. 

Para o país seguiram cinco elementos da Autoridade Nacional de Proteção Civil, 15 Sapadores Bombeiros de Lisboa, seis elementos do INEM e 26 militares da Guarda Nacional Republicana. A estes juntam-se seis cães e 13 toneladas de material. A missão tem uma duração prevista de entre 10 a 15 dias. 

Equipa de 52 portugueses (e seis cães) já seguiram para a Turquia

Missão enquadra-se no Mecanismo Europeu de Proteção Civil. Portugueses vão ajudar nas operações de resgate.

Notícias ao Minuto | 07:39 - 09/02/2023

Número total de mortos no sismo na Turquia e Síria é já superior a 16 mil

Lusa | há 1 mês

O balanço do sismo que atingiu na segunda-feira a Turquia e a Síria é já superior a 16 mil mortos, indicaram hoje autoridades e fontes médicas. Pelo menos 12.873 pessoas morreram na Turquia e 3.162 na Síria, disseram as mesmas fontes, o que eleva a 16.035 o número total de vítimas mortais, enquanto prosseguem as operações, sob frio extremo, para tentar encontrar sobreviventes.

O sismo de magnitude 7,8 na escala de Richter atingiu o sudeste da Turquia e o norte da vizinha Síria. Foi seguido de várias réplicas, umas das quais de magnitude 7,5. Nos dois países atingidos pelo terramoto foram também registados mais de 58 mil feridos, muitos com fraturas e outras lesões graves.

A ajuda internacional começou a chegar na terça-feira, com dezenas de países a oferecerem apoio a Ancara.

Número total de mortos no sismo na Turquia e Síria é já superior a 16 mil

O balanço do sismo que atingiu na segunda-feira a Turquia e a Síria é já superior a 16 mil mortos, indicaram hoje autoridades e fontes médicas.

Lusa | 07:03 - 09/02/2023

 


  

Equipa venezuelana de resgate partiu para a Turquia

Lusa | há 1 mês

A Venezuela enviou uma equipa do Serviço de Busca e Resgate Aéreo (SAR) para ajudar as vítimas do sismo que na segunda-feira abalou a Turquia e a Síria, provocando mais de 15 mil mortos. O anúncio foi feito pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Yvan Gil, através da televisão estatal venezuelana, que mostrou imagens da equipa do SAR no Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, a norte de Caracas, pouco antes de partir para a Síria e a Turquia.

"Em nome do Presidente Nicolás Maduro e do povo venezuelano, despedimos um grupo da valente Força de Trabalho Humanitário Simón Bolívar, que empreende uma valiosa tarefa a favor das vítimas dos acontecimentos na Turquia e na Síria", disse o ministro.

Segundo a imprensa local, a equipa de resgate é composta por 50 especialistas, inclui uma brigada canina e leva 23 toneladas de alimentos e medicamentos.

Equipa venezuelana de resgate partiu para a Turquia

A Venezuela enviou uma equipa do Serviço de Busca e Resgate Aéreo (SAR) para ajudar as vítimas do sismo que na segunda-feira abalou a Turquia e a Síria, provocando mais de 15 mil mortos.

Lusa | 06:08 - 09/02/2023

Para recordar

Sara Gouveia | há 1 mês
  • Mais de 50 operacionais portugueses partiram esta noite para a Turquia. O ministro da Administração Interna e o ministro dos Negócios Estrangeiros teceram agradecimentos aos operacionais de partida para a Turquia, referindo que "serão um orgulho para Portugal".
  • UE envia 6,5 milhões de euros de ajuda a Ancara e Damasco. A União Europeia mobilizou, na quarta-feira, uma verba de 6,5 milhões de euros para ajudar a Turquia e a Síria e que será distribuída através do Mecanismo de Proteção Civil, numa das maiores operações de socorro de sempre.
  • UE convoca conferência para março para mobilizar fundos. A União Europeia (UE) convocou para o início de março uma conferência de doadores internacionais para mobilizar fundos de apoio às populações da Turquia e da Síria, afetadas pelos sismos.
  • ONU dá 25 milhões do fundo de emergência para resposta humanitária. A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou que disponibilizou 25 milhões de dólares (mais de 23 milhões de euros) do seu fundo de emergência para ajudar a potenciar a resposta humanitária na Turquia e na Síria, na sequência do sismo que afetou os países.
  • Atsu desaparecido. Homem encontrado nos escombros não é o ex-FC Porto. O responsável médico do Hatayspor, Gurbey Kahveci, fez saber, em declarações prestadas ao jornal turco Hurriyet, que Christian Atsu continua desaparecido, após o forte sismo. Apesar de a imprensa desportiva ter adiantado que o internacional ganês tinha sido encontrado com vida, a informação foi entretanto desmentida.

Início de cobertura

Sara Gouveia | há 1 mês

Bom dia. Damos aqui início a mais uma cobertura AO MINUTO sobre as consequências do violento sismo de magnitude 7,8 que assolou os territórios da Turquia e da Síria. Recorde a anterior cobertura através da ligação abaixo:

AO MINUTO: Missão portuguesa? "Um orgulho"; "Ainda ouvimos os gritos"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre o sismo que abalou a Turquia na segunda-feira.

Notícias ao Minuto | 07:48 - 08/02/2023

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório