Meteorologia

  • 25 JUNHO 2024
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 24º

Mulher dada como morta 'ressuscita' na funerária. Morreu dois dias depois

Na funerária, os funcionários "viram o peito [da mulher] a mexer-se" e ouviram uma "respiração ofegante". 

Mulher dada como morta 'ressuscita' na funerária. Morreu dois dias depois
Notícias ao Minuto

23:57 - 02/02/23 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Uma mulher, residente numa unidade de cuidados de saúde no estado norte-americano do Iowa, foi dada como morta e transportada para uma funerária, onde viria a dar sinais de vida “com uma respiração ofegante”.

O caso aconteceu a 3 de janeiro, mas um relatório do Departamento de Inspeções e Recursos do Iowa divulgou, na quarta-feira, novos detalhes sobre o incidente. 

Segundo a estação norte-americana CBS News, a mulher sofria de Alzheimer e estava internada numa unidade de cuidados continuados desde dezembro de 2021. Um ano depois, a 28 de dezembro de 2022, foi transferida para a unidade de cuidados paliativos do estabelecimento devido a uma “degeneração do cérebro”. 

Durante vários dias, o estabelecimento tomou “várias medidas para o conforto” da mulher, que tinha vindo a sofrer pequenas convulsões e tinha “registos pulmonares diminuídos”.

A 3 de janeiro, pelas 6h da manhã, a mulher foi declarada morta após um funcionário alegar que “não sentia o pulso” e que a doente “não estava a respirar naquele momento”. O óbito foi confirmado por uma enfermeira e a família informada.

Para o local dirigiu-se uma equipa de uma agência funerária, que colocou a mulher num saco para cadáveres pelas 7h30. Já na funerária, cerca de uma hora depois, os funcionários “viram o peito [da mulher] a mexer-se” e ouviram uma “respiração ofegante”

Os serviços de emergência conseguiram detetar a respiração da mulher, mas não registaram movimento dos olhos ou qualquer resposta verbal. 

A paciente regressou à unidade de cuidados de saúde, onde viria a falecer dois dias depois, na manhã de 5 de janeiro, junto da família. 

Leia Também: Homem 'morto' encontrado oito meses após cremação na Índia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório