Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Embaixadas ucranianas receberam "pacotes" com "olhos de animais"

A informação foi avançada pelo porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Oleg Nikolenko.

Embaixadas ucranianas receberam "pacotes" com "olhos de animais"

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Oleg Nikolenko, revelou, esta sexta-feira, que várias embaixadas e consulados ucranianos receberam “pacotes sangrentos” com “olhos de animais”

Segundo o responsável, os pacotes, “ensopados com um líquido e cheiro caraterísticos”, foram entregues nas embaixadas da Ucrânia na Hungria, Polónia, Croácia, País Baixos e Itália. Também os consulados em Nápoles, Cracóvia e Brno foram alvo da “ameaça”.

Na rede social Facebook, Nikolenko afirmou que está a ser investigado “o significado desta mensagem” e garantiu que “os diplomatas ucranianos continuarão a trabalhar no fortalecimento da capacidade de defesa da Ucrânia”.

“O lado ucraniano pede a aplicação da lei dos países estrangeiros para investigar todos os casos de ameaças, identificar pessoas envolvidas e levá-las à justiça”, acrescentou, instando os governos estrangeiros a garantirem “a máxima proteção das instituições diplomáticas ucranianas”.

"Temos razões para acreditar que o que está a acontecer é uma campanha bem planeada de terror e intimidação das embaixadas e consulados da Ucrânia. Não sendo capaz de parar a Ucrânia na frente diplomática, eles tentam intimidar-nos. No entanto, posso dizer imediatamente que estas tentativas são fúteis. Continuaremos a trabalhar efetivamente pela vitória da Ucrânia", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, citado pelo porta-voz.

As “ameaças” surgem depois de, nos últimos dias, pelo menos seis cartas armadilhadas terem sido entregues em várias instituições espanholas. O primeiro pacote foi enviado a 24 de novembro para o Palácio da Moncloa, sede do governo espanhol, e dirigido ao primeiro-ministro Pedro Sanchéz.

Dois pacotes semelhantes foram recebidos, na quarta-feira, pela embaixada da Ucrânia em Madrid e pela dos Estados Unidos na quinta-feira. Outras cartas armadilhadas foram igualmente enviadas para o Ministério da Defesa, o Centro de Satélites da base aérea de Torrejón de Ardoz (Madrid) e a empresa de armas Instalaza, em Saragoça.

[Notícia atualizada às 12h07]

Leia Também: Espanha avisa que cartas armadilhadas podem estar ligadas à Ucrânia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório