Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Forças de segurança russas acusam de espionagem cônsul-geral do Japão

As forças de segurança russas detiveram hoje em Vladivostok, na parte leste do país, o cônsul japonês Motoki Tatsunori, acusado de espionagem.

Forças de segurança russas acusam de espionagem cônsul-geral do Japão
Notícias ao Minuto

19:15 - 26/09/22 por Lusa

Mundo Rússia

"O Serviço Federal de Segurança da Rússia no território de Primorsky frustrou uma ação de espionagem do cônsul-geral do Japão, Motoki Tatsunori", informaram as autoridades russas, em comunicado.

De acordo com a nota, o diplomata japonês foi apanhado em flagrante quando recebeu informações de "circulação limitada" sobre a cooperação da Rússia com um dos países da região Ásia-Pacífico e sobre a influência da política de sanções ocidentais na situação económica no território de Primorye.

"Um protesto foi apresentado ao Japão e Motoki Tatsunori foi declarado 'persona non grata'", acrescentou o comunicado, que refere que o diplomata admitiu culpa.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia anunciou que Tatsunori tem 48 horas para deixar a Rússia, na sequência deste incidente.

Leia Também: Êxodo russo. Mais de 260 mil homens terão saído do país

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório